TV Foco

Para refletir : as decisões impensadas de Silvio Santos…

http://santamoeda.com/wp-content/uploads/2009/06/silvio-santos.jpg
Novembro\1989 – Luciano Calegari engajava-se em uma longa negociação com o autor Benedito Rui Barbosa para a realização, no SBT, da novela “Pantanal”. Negócio fechado verbalmente e escolha de elenco iniciada. Na última hora, Silvio Santos volta atrás por considerar a trama “fora dos padrões” e “cara demais”.
O patrão resolve, então, colocar no ar uma produção independente – “Cortina de Vidro” – que revelou-se um fracasso, enquanto “Pantanal” chegava a casa dos 40 pontos e à liderança de audiência na Tv Manchete, que abraçou o projeto após a desistência do SBT.

Janeiro\1997 – Ratinho, que já atingia bons resultados na CNT, é procurado pelo SBT na tentativa de implantar uma atração diária. O apresentador pedia, à época, 100 mil reais. Silvio Santos considerou caro e declinou da negociação. Um ano mais tarde teve de desembolsar 1 milhão em luvas e salário mensal na casa dos 2 milhões de reais para que Ratinho deixasse a Tv Record, emissora que aceitou lhe pagar a quantia inicialmente desejada e onde, não raramente, ele alcançava a liderança de audiência em um horário outrora dominado com soberania pela Tv Globo.

Janeiro\1999 – Após o relativo sucesso da novela “Fascinação”, Silvio escala a reprise da batida “Maria Esperança” para substituí-la, entrando em sério conflito com os demais diretores da casa que já tinham no gatilho a produção “Pérola Negra”, inteiramente gravada, e na gaveta, a quase 11 meses. Por questões contratuais, a reprise da obra mexicana não foi possível e a novela protagonizada por Dalton Vighi e Patrícia de Sabrit, mesmo contra a vontade do dono do SBT, foi ao ar; O resultado : um absoluto sucesso com picos de até 23 pontos na faixa das 8 da noite.

Julho\2001 – Endemol e SBT estão prestes a fechar acordo para a produção da versão brasileira de “Big Brother”. Na última hora (para variar) Silvio interrompe a negociação por julgar que a produtora holandesa estava, na verdade, interessada em formar uma parceria em terras brasileiras e não em vender um formato, algo que não o agradava.
Pouco menos de um ano mais tarde, já tendo a Tv Globo como parceira, a Endemol consegue absoluto sucesso na implantação do “BBB”, além de salvar, com outros formatos, os programas “Domingão do Faustão” e “Caldeirão do Huck”.

Novembro 2003 – O SBT é procurado pelo diretor Herval Rossano que apresenta a emissora três remakes que estavam em seu poder, já demonstrando preferência pela produção da novela “A Escrava Isaura”. O SBT, no entanto, não se interessa. Herval oferece o mesmo acordo à Tv Record que o aceita quase que de imediato. A novela tranforma-se em um verdadeiro fenômeno e chega a inacreditáveis 26 pontos, tornando-se, na visão de muitos, a grande responsável pela arrancada da emissora da Barra-Funda em dramaturgia.

Continua…

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco