Notícias

Notícias

Pastor Silas Malafaia é indiciado novamente por lavagem de dinheiro

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O pastor Silas Malafaia, da igreja Assembléia de Deus, se deu mal novamente, ao ser indiciado pela Polícia Federal por lavagem de dinheiro no inquérito da Operação Timóteo, que apura o esquema de corrupção nas cobranças de royalties da exploração mineral.

De acordo com informações obtidas pelo G1, a PF informa que ele recebeu um cheque de R$ 100 mil de um dos escritórios investigados e depositou em uma conta pessoal. No dia 16 de dezembro, ele foi indiciado e alvo de condução coercitiva, levado a depor.

“O que eu faço com ofertas que recebo pessoais? Depositei na minha conta. Declarei e paguei os tributos. Se tivesse entrado e eu sacado, podiam desconfiar. Agora, não me deem atestado de burrice. Se eu fosse corrupto, eu não ia depositar na minha conta”, disse ele.

“Minha defesa vai ser mostrar minha declaração do imposto de renda. Não sou obrigado, mas estou abrindo meu sigilo fiscal, apresentando o extrato da conta bancária. Tenho certeza que o juiz vai me tirar disso. Agora, o delegado fez questão de me atingir nisso”, afirma.

Segundo a PF, havia “indícios” de que o pastor e os demais investigados se associaram ao esquema, “praticando uma série de delitos contra a administração pública, especialmente lavagem de dinheiro”.

Veja também

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários