Novelas

Novelas

Paula Barbosa, Zefa de Pantanal, ignora atriz que fez a personagem na 1ª versão: “Não falou nem obrigado”

Zefa Pantanal
Zefa Pantanal (Reprodução)

Atriz que interpretou Zefa na primeira versão desabafou sobre Paula Barbosa

A novela Pantanal tem feito sucesso entre o público e muitos atores da primeira e da versão atual trocaram figurinhas sobre os personagens. Porém, no caso das intérpretes de Zefa, o papo não aconteceu. Segundo Giovanna Gold, que deu vida a empregada em 1990 no folhetim, Paula Barbosa, que vive agora a personagem, não quis contato com ela.

Em uma live com o jornalista Luciano Santiago, Giovanna revelou que foi ignorada pela neta de Benedito Ruy Barbosa. “Mandei uma mensagem para ela, desejei boa sorte, mas ela não me falou nem obrigado”, disse a atriz.

Durante a live, Giovanna também ressaltou a importância de Zefa, que faz par romântica com Tadeu. “Foi uma personagem que fiz com muito amor, que persistiu e floresceu. A prova disso é que, depois de tanto tempo, ainda sou lembrada por ela. Botei muito amor na Zefa e me comprometi com as emoções dessa personagem na época”, contou Giovanna.

DESABAFOU

Não é a primeira vez que Giovanna fala sobre como foi atuar em Pantanal. Recentemente, a atriz surpreendeu os fãs ao surgir nas redes sociais chorando. A atriz expôs que se estava incomodada por fofocas em relação a ela estarem vindo à tona devido ao remake da novela.

Em entrevista à Contigo, Giovanna Gold revelou só era procurada pela imprensa para falar sobre seu suposto affair com o ator que interpretou o peão Tadeu, seu par romântico – e não sobre seu trabalho – o que a deixou muito chateada.

Veja também

“Meu mérito é de ter feito sucesso sob a direção de Jayme Monjardim, na Manchete, em uma novela que a TV Globo recusou. E que pela primeira vez se trocou de canal em uma época que não havia controle remoto”, desabafou a atriz. 

VÍDEO YOUTUBE: Sonia Abrão DETONA Marcos Mion e condena o que ele fez na Globo

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários