menu

TV Foco

MundoTV Foco

Paula, Dourado e Emily. Como esses participantes tão odiados venceram o Big Brother Brasil?

Os participantes mais criticados do Big Brother Brasil (Foto: montagem TV Foco)
Os participantes mais criticados do Big Brother Brasil (Foto: montagem TV Foco)
Os participantes mais criticados do Big Brother Brasil (Foto: montagem TV Foco)
Os participantes mais criticados do Big Brother Brasil (Foto: montagem TV Foco)

O reality show Big Brother Brasil começou no ano 2000 e está atualmente na sua vigésima edição. Ao longo dessas duas décadas, o programa já tornou pessoas de todos os tipos e jeitos milionárias. As regras do jogo, você já sabe: a cada paredão pelo menos um jogador é eliminado pela votação do público e o último a ficar na casa é o grande vencedor. Apesar de os telespectadores escolherem quem fica e sai da casa, alguns resultados do reality impressiona os fãs de modo negativo. Hoje reunimos os ganhadores do Big Brother Brasil mais odiados desde o início do programa.

Paula – Big Brother Brasil 2019

Paula, vencedora da última edição do Big Brother Brasil (Foto: reprodução)
Paula, vencedora da última edição do Big Brother Brasil (Foto: reprodução)

A vencedora da última edição do programa, Paula von Sperling é a mais atual participante a se apresentar na lista dos odiados. Durante sua estadia no confinamento, a sister foi fortemente criticada pelas declarações um tanto quanto polêmicas, fazendo com que o jornalista e colunista do Catraca Livre, Maurício Thomaz, criasse, em um de seus textos, a hashtag #ElaNão, a fim de mobilizar internautas para retirá-la da casa.

Mas quais seriam essas tais falas controversas de Paula? Durante o reality, ela foi considerada por muitos racista e homofóbica. A sister chegou a falar que se considera negra, apesar de ser loira dos olhos claros e fez questionamentos como “Estou meio sapatão com essa roupa?”. Além disso, um dos pontos criticados pelo público e por Maurício Thomaz em seu texto foram as brincadeiras que a minera fez sobre a dependência química de Fábio Assunção, uma condição um tanto quanto complicada.

Veja também

Apesar das enormes críticas, aseguiu sister con não só chegar ao fim do programa, mas como vencê-lo, mostrando ter uma legião de fãs e apoiadores do lado de fora da casa. No fim de 2019, menos de um ano após sair do confinamento, Paula contou em suas redes sociais que já havia gastado todo o R$1,5 milhões que ganhou. “Dinheiro é pra que?”, questionou.

Emily – BBB 2017

Emily, vencedora da 17° edição do Big Brother (Foto: reprodução)
Emily Araújo (Foto: reprodução)

A gaúcha, vencedora da edição 17 do reality, ganhou R$ 1,5 milhões de reais. Apesar de sair vitoriosa, segundo o jornalista e colunista do portal R7, Odair Braz JR., Emily conseguiu, em um mês, se tornar uma das vencedoras mais odiadas de todas as edições. Mas, afinal, por que isso aconteceu?

Como quem manda no jogo é o público, a sister com certeza tinha (e tem) alguns admiradores, o que a fez chegar até o final. Ao sair do programa, porém, deslumbrada com a fama e atirando para todos os lados, o número de fãs de Emilly caiu rapidamente. Muito de seus seguidores começaram a reclamar com a irritante mania da sister de ostentar em suas redes, postando fotos em lancha, vídeos fazendo compras, vídeos em baladas e fotos com filhos de famosos. O auge aconteceu em maio de 2017, quando a fama subiu tanto para a cabeça que Emily anunciou em seu Instagram que iria sortear os abadás que ela usou nas festas do reality. Como a internet não perdoa, o sorteio acabou virando piada nas redes.

Enquanto ainda estava na casa, Emily também não agradou a todos, muito pelo contrário, diversos dos brothers não gostavam dela. Sua autoconfiança, deslumbre e egoísmo foi extremamente criticado durante os meses que ela ficou no confinamento. Sua presença no reality, apesar de muito questionada e criticada, rendeu a sister dinheiro suficiente para não se preocupar com a onda de haters.

Marcelo Dourado – Big Brother Brasil 2010

Marcelo Dourado, vencedor do Big Brother 2010 (Foto: reprodução)
Marcelo Dourado (Foto: reprodução)

Mais um nome para a lista dos vencedores mais repudiados do Big Brother Brasil. O gaúcho Marcelo Dourado, mais conhecido como Dourado, venceu a décima edição do programa, levando para casa R$ 1,5 milhão de reais. O brother participou também da quarta edição, em 2004, quando foi eliminado na oitava semana com 68% dos votos. Apesar de ter vencido na sua segunda chance, o lutador de vale-tudo colecionou críticas durante sua estadia no confinamento. O motivo? Suas polêmicas opiniões.

Quando estava na casa, Marcelo foi considerado homofóbico e machista, não só pelos concorrentes ao prêmio, mas também pelos telespectadores e por grupos como a ABGLT (Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexos), que soltou, na época, uma nota de repúdio ao brother. Como se essas denúncias e alegações não bastasse, Marcelo também tinha em seu braço uma tatuagem um tanto quanto polêmica: uma suástica, símbolo nazista.

O participante foi acusado de disseminar a ideia de que “homem hétero não pega aids”, e ameaçar espancar uma mulher lésbica participante do programa. Apesar de tantas acusações e perplexidades, Marcelo venceu o reality, provando que tinha uma legião de fãs, escancarando o pensamento de muitos que acompanhavam o programa na época.

 

 

Veja agora: Apresentador galã de TV dá basta e resolve se assumir gay de vez: veja fotos   

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários