ALERTA!

Pelo de rato e risco fatal: ANVISA proíbe às pressas queridinho das donas de casa e arranca dos mercados

07/07/2024 às 15h27

Por: Wellington Silva
Imagem PreCarregada
Anvisa - Vigilância Sanitária - Rato - Mercado (Foto: Reprodução, Montagem - TV Foco)

Por apresentar risco a saúde da população, Anvisa decreta retirada de amado produto dos mercados brasileiros após ser encontrado pelo de rato

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) tomou uma medida drástica e emergencial ao proibir a venda de um produto amplamente utilizado pelas donas de casa brasileiras. A decisão veio após a descoberta alarmante de contaminação por pelos de rato, levantando sérias preocupações de saúde pública e levando à retirada imediata do item das prateleiras dos mercados.

A ação rápida da ANVISA visa proteger os consumidores de um risco potencialmente fatal, destacando a importância da vigilância constante na segurança dos produtos alimentícios.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Anvisa, criada em 26 de janeiro de 1999 pela Lei nº 9.782, é uma autarquia independente, vinculada ao Ministério da Saúde, com sede em Brasília e presente em todo o território nacional. 

Anvisa fiscaliza todos os produtos (Reprodução: Anvisa/Divulgação)
Anvisa fiscaliza todos os produtos (Reprodução: Anvisa/Divulgação)

Sua missão é proteger a saúde da população brasileira, por meio do controle sanitário de produtos e serviços que impactam a saúde, inclusive seus ambientes, processos, insumos e tecnologias. E foi exercendo esse poder que um amado produto foi barrado.

Continua após o Veja Também

Veja também

No dia 03 de novembro de 2022, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) anunciou em sei site a proibição da distribuição e comercialização do tempero Pimenta do Reino Preta Moída, lote 03, fabricado em 01 de março de 2016, com prazo de validade até dezembro de 2019. A medida foi tomada após a empresa Produtos Alheiro Ltda emitir um comunicado de recolhimento voluntário do produto, devido a preocupações com a segurança alimentar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Risco a população

A proibição foi motivada pela identificação de contaminação por pelo de roedor em quantidade acima do limite máximo estabelecido pela RDC n° 14/2014. Como consequência, a ANVISA determinou que a empresa Produtos Alheiro Ltda deveria recolher todo o estoque existente do produto no mercado, visando garantir a saúde dos consumidores e a conformidade com as normas sanitárias vigentes.

O pelo de rato pode conter bactérias, vírus e parasitas que causam doenças como salmonelose, hantavirose, leptospirose e peste bubônica. Além disso, algumas pessoas podem ter reações alérgicas ao pelo de rato, causando sintomas como coceira, espirros, coriza, urticária e até dificuldade para

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Vale destaca que a medida foi tomada após a própria empa comunicar o recolhimento voluntário do produto. Mas essa não foi a Primera vez que uma marca aprontou pelo de roedor.

Canela em pó 

A ANVISA anunciou a suspensão imediata da comercialização, distribuição e uso do lote 386-26 da canela em pó marca Kodilar, produzida pela empresa M.W.A. COMÉRCIO DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS LTDA.

A medida, divulgada pela Prefeitura de São Paulo no dia 5 de março de 2024, foi fundamentada no laudo de análise da Fundação Ezequiel Dias, Laboratório Central de Minas Gerais. O documento revelou resultados preocupantes, incluindo a presença de materiais estranhos indicativos de risco à saúde humana, como pelos de roedor, além de falhas nas Boas Práticas, como fragmentos de insetos, no referido lote da canela em pó, cuja validade expira em 05 de outubro de 2024.

A suspensão do lote específico é parte de um esforço para garantir a segurança alimentar e evitar possíveis riscos à saúde dos consumidores.

Até o momento não foi encontrada nenhuma nota oficial ou posicionamento da empresa mencionada, lembrando que o espaço permanece em aberto para que ela possa expor sua versão dos fatos

Como fazer uma denúncia para a Anvisa?

Para fazer uma denúncia à ANVISA, você pode acessar o site da agência e utilizar o formulário eletrônico específico para denúncias.

É necessário fornecer informações detalhadas sobre o problema, como nome do produto, fabricante, lote (se aplicável), e descrever claramente a irregularidade observada, como contaminação, rótulo inadequado, ou qualquer outra questão de segurança sanitária.

A ANVISA avaliará a denúncia e tomará as medidas necessárias conforme as normas vigentes para proteger a saúde pública.

🚨 Globo arranca Ana e Poeta do ar por R$ 450M + Maju fora do Fantástico na surdina + Ratinho defende ex de Iza    

Anvisa
Anvisa Canela
Anvisa Pimenta
Anvisa rato
pelo de rato
Wellington Silva

Eu sou Wellington Silva, tenho 26 e sou apaixonado pelo mundo dos famosos e reality shows. Tenho formação em Técnico em Redes de Computadores pela EEEP Marta Maria Giffoni de Sousa e me considero redator por vocação. Sou aficionado pela vida dos artistas. Já trabalhei em sites focados em artistas musicais e atualmente trabalho em sites focados nas celebridades no geral. Faço matérias com foco em reality shows, salários dos famosos, cantores, e como um bom noveleiro que sou, sobre as grandes novelas. Posso ser encontrado nas redes sociais como: @ueelitu

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.