Novelas

Cara e CoragemNovelas

Polarização política, inflação e pandemia foram fundamentais para Cara e Coragem; saiba detalhes da nova trama das sete

Claudia Souto é a autora de "Cara e Coragem", nova novela das sete da Globo (Foto: Reprodução / Globo)
Claudia Souto é a autora de “Cara e Coragem”, nova novela das sete da Globo (Foto: Reprodução / Globo)

“Cara e Coragem”, será a substituta de “Quanto Mais Vida, Melhor!”.

2022 não está sendo nada fácil, o Brasil passa por uma polarização política, alta da inflação, pandemia ainda resistindo e o brasileiro cada vez mais desmotivado, deixando de sonhar. Com esse caos do nosso país, a autora de “Cara e Coragem”, Claudia Souto deseja fazer os amantes de novelas voltarem a sonhar e lutar pelos seus objetivos.

A ideia da sinopse de “Cara e Coragem”, surgiu com o objetivo de incentivar as pessoas a lutarem pelo que eles querem com muita determinação, metendo a “Cara”, com muita “Coragem”. A nova novela das sete da Globo estreia no dia 30 de maio, onde será a substituta da trama de Mauro Wilson, “Quanto Mais Vida, Melhor!”.

SAIBA MAIS! Cara e Coragem: Nova novela das sete da Globo traz “núcleo preto, poderoso e no comando”

“A inspiração sempre começa do que quero colocar na roda, isso vem antes dos personagens ou do universo que vou abordar. Eu queria falar de coragem. Acho que estamos em um momento do Brasil e do mundo em que estamos precisando de coragem para acordar e falar: ‘Vai dar certo, vai funcionar, vou à luta’. Precisamos disso em todos os sentidos, até nas pequenas decisões”, descreveu Claudia Souto em entrevista ao Notícias da TV.

Originalmente, a nova novela das sete da Globo não teria a palavra “Coragem” no título e tinha o nome provisório de “Amor em Ação”. Entretanto, o título não colou, e o tema do folhetim acabou se tornando oficial para o título definitivo.

Veja também

“A gente achou legal depois deixar explícito. Impregnamos de coragem para que esse conceito estivesse bem presente, assim como ele está precisando estar presente na vida de todo mundo”, revelou Claudia Souto que também escreveu “Pega Pega” (2017).

AÇÃO NO HORÁRIO DAS SETE

As novelas das sete da Globo, normalmente são tramas com mais leveza e humor. Ação não é um tema abordado nessa faixa horária, onde a Globo está apostando todas as suas fichas em seu novo folhetim.

Para abordar o tema, Claudia Souto resolveu inserir na trama o mundo dos dublês. A história destaca os protagonistas Moa (Marcelo Serrado) e Pat (Paolla Oliveira), que formam uma dupla de profissionais do meio que decide criar uma agência, que se chamará Coragem.com.

“Sempre fui fascinada [por dublês], desde que eu escrevia Bambuluá (2000). Eu ia muito para as gravações e tinha a equipe de dublês. Isso ainda não foi abordado nas novelas, é uma profissão fascinante. São pessoas que estão diante das câmeras, se arriscando, com uma coragem absurda, e são completamente anônimos. Eles vão à padaria, ao supermercado, e as pessoas não sabem que aquela cena espetacular foi feita por essas pessoas. Então falei: se quero mostrar a coragem que a pessoa precisa ter na vida, vou trazer os dublês”, disse Claudia Souto.

A autora de “Cara e Coragem”, então, entrou de cabeça nesse universo e fez até workshops para entendê-lo melhor. Porém, ela frisa que a trama não falará apenas da força de fazer acrobacias ou de realizar fugas repletas de explosões, mas também da coragem que é preciso ter para enfrentar os pequenos obstáculos do dia a dia.

Clarice (Taís Araujo), Pat (Paolla Oliveira) e Moa (Marcelo Serrado) em 'Cara e Coragem', a próxima novela das sete da Globo (Foto / Reprodução / Globo / Sergio Zalis)
Clarice (Taís Araujo), Pat (Paolla Oliveira) e Moa (Marcelo Serrado) em ‘Cara e Coragem’, a próxima novela das sete da Globo (Foto / Reprodução / Globo / Sergio Zalis)

MISTÉRIO

Não é só ação que a nova novela das sete da Globo irá inovar no horário. “Cara e Coragem”, também usará e abusará do tom de mistério, clássico para os amantes de novelas.

Clarice (Taís Araújo), é outra protagonista da novela, onde é uma empresária poderosa que contrata os serviços de Pat e Moa para conseguir recuperar um item precioso. Mas, no meio dessa aventura, ela acaba sendo morta de forma misteriosa, o que dá sequência a uma série de novos conflitos na trama.

“É a coragem do dia a dia. A coragem que a Pat precisará ter para decidir se termina uma relação que está desgastada pelo tempo. Que o Moa precisa ter todo o dia para criar o filho, com a mágoa que sente da ex-mulher por ter deixado ele. Para mim essa é a grande questão da novela, que vai desde a decisão de se arriscar em uma entrevista de emprego, até a grande coragem de uma pessoa ambiciosa arriscar a vida dos outros porque quer se dar bem na vida, o que culmina na morte da Clarice”, finalizou Claudia Souto.

Taís Araujo vive duas personagens: a poderosa empresária Clarice Gusmão e a sósia dela, a massoterapeuta descolada Anita (Foto: Reprodução / Globo / Sergio Zalis e Estevam Avellar)

VÍDEO YOUTUBE: Luto! Anne Lottermann, do Faustão, encara a morte de perto

Quem escreve

Diego Laureano

Paulistano com alma de carioca, sou formado em Jornalismo e completamente apaixonado por comunicação. Escrever sobre televisão e seus bastidores é a minha realização profissional, que faço com clareza, leveza, seriedade, humor e muito amor.

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários