Globo

Poliana abre Fantástico com notícia trágica, aterroriza brasileiros e faz pergunta fatal: “O pior”

Poliana Abrita abriu o Fantástico na Globo - Foto: Reprodução
Poliana Abrita abriu o Fantástico na Globo – Foto: Reprodução

No Fantástico que foi ao ar neste domingo (14), Poliana Abrita surpreendeu os telespectadores com uma série de tragédias ao vivo

A Globo leva ao ar na noite deste domingo (14) mais uma edição do programa Fantástico, revista eletrônica semanal apresentada por Poliana Abrita e Tadeu Schmidt. Como vem acontecendo nas últimas semanas, o noticiário brasileiro está bastante quente, para não falar trágico, especialmente por causa do novo Coronavírus.

Como sempre, a atração começou com uma matéria aleatória, anunciada por Poliana Abrita. “O Fantástico começa agora com um parto de gêmeos feiro às pressas dentro de um ônibus em movimento”, disse a jornalista. “E com a ajuda de passageiros, sem nenhuma experiência médica”, disparou a apresentadora da Globo durante a cobertura.

Sobrevivência

Depois dessa reportagem, veio o anúncio dos destaques da edição, como um sobrevivente da tragédia do avião da Chapecoense que renasceu duas vezes. “Ele sobreviveu à queda de um avião que levava o time da Chapecoense e agora escapou de um capotamento de ônibus na Bolívia”, anunciou o jornalista Tadeu Schmidt no programa da Globo.

Tadeu Schmidt e Poliana Abritta no Fantástico (Foto: Reprodução/Globo)
Tadeu Schmidt e Poliana Abritta no Fantástico, programa da Globo (Foto: Reprodução/Globo)

“Neste domingo os assassinatos de Marielle e Anderson Gomes completa três anos, e até hoje a pergunta sem uma resposta. A principal delas é “quem mandou matar Marielle”, anunciou ainda Poliana. “O Brasil sofre com a pior semana da pandemia, e aumenta a pressão para a saída do ministro Eduardo Pazuello”, disparou Tadeu na atração.

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Fernando Lopes

Escreve sobre televisão desde 2013.