X

Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro, cancela carnaval na cidade e emite comunicado: “Infelizmente”

Compartilhe essa notícia

Após uma reunião com a produtora cultural, o prefeito Eduardo Paes anunciou que o Carnaval de Rua no RJ foi cancelado

Uma dos meses mais esperados pelos amantes do Carnaval está chegando, mas às notícias a respeito da festança não são as melhores, pelo menos para quem pensa em aproveitar o feriadão no Rio de Janeiro. O fato é que a cidade maravilhosa não terá carnaval de rua no final de fevereiro e muito menos no início de março de 2022.

O motivo? Diante o aumento no número de casos de Covid-19, o prefeito Eduardo Paes se reuniu com a produtora cultural Rita Fernandes, presidente da Sebastiana, associação organizadora dos blocos de rua do Rio, nesta terça-feira (04), e chegou a decisão de que o momento simbólico não poderá acontecer.

“A gente comunicou a eles (responsáveis pelos blocos) que o carnaval de rua nos moldes que a sempre fez até 2020 não acontecerá em 2022. Infelizmente, falo como prefeito e como cidadão que gosta de carnaval, mas não podemos fazer”, frisou o prefeito Eduardo Paes, durante uma live.

Apesar do cancelamento do momento com os foliões nas ruas, o político garantiu a realização dos desfiles das escolas de samba na Sapucaí, pelo menos por enquanto. Preocupados com a saúde da população, a prefeitura quer controlar o acesso de componentes e do público que acompanhará a festa neste ano.

SEGUNDO ANO

Vale destacar que 2022 será o segundo ano seguido em que o Rio de Janeiro não terá a sua maior festa. Em 2021, tanto o carnaval de rua quanto os desfiles das escolas de samba foram interrompidos.

Carnaval de rua no Rio de Janeiro – Foto: Reprodução

Quem escreve

Kelves Araújo

Kelves Araújo, cearense, é redator do TV Foco desde 2019, responsável por cobrir o mundo das celebridades internacionais no site.

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Deixe um comentário

Esse site utiliza cookies Leia mais.