TV Foco

ColunasighomeTV Foco

Prejuízo de R$ 144 milhões e queda livre: o que a Globo precisa fazer para enxugar gastos em 2022?

Família Marinho (Foto: Divulgação)

Esta coluna reflete o que a Globo precisa fazer para mudar a sua queda de faturamento nos próximos anos, após perder R$ 144 milhões em 2020

A Globo não saiu ilesa dos problemas financeiros causados pela pandemia no mundo. A emissora foi afetada assim como as suas concorrentes e teve um prejuízo de R$ 144 milhões em 2020 em relação ao ano anterior, de acordo com Guilherme Ravache, do Uol.

Talvez este seja o momento da emissora abrir mão de seus conteúdos e faturar mais com o que é produzido fora da casa. A platinada tem recebido ameaças de todos os lados em relação ao que tem de mais precioso: suas novelas.

A HBO Max e a Netflix já planejam gravar mini novelas e as produções podem ser grandes ameaças ao Globoplay. As gigantes do streaming se adaptaram ao formato mais consumido de cada país e no Brasil não seria diferente, por isso uma ideia seria a Globo terceirizar o seu próprio conteúdo e vender para a HBO, por exemplo, que está chegando agora no mercado.

Além disso, uma outra alternativa para o corte de gastos seria a emissora comprar uma série e exibir no horário de “Malhação”, que chegou ao fim após 25 anos de história. Produzir uma novela é algo muito caro, então colocar um material importado pode ser um bom negócio para quem quer enxugar investimentos.

INVESTIMENTO PRECISA SER FEITO

Apesar desse tipo de corte, é importante que a Globo não deixe nunca de investir no jornalismo, nem nas novelas do horário nobre. Para se ter uma ideia, não custa menos que R$ 900 mil para anunciar no intervalo do “Jornal Nacional”, por exemplo, por isso os cortes precisam ser feitos em outros horários.

Veja também

A emissora já teve um prejuízo muito grande com o Módulo 4, que é um estúdio moderníssimo – e caríssimo – criado para a gravação de “Amor de Mãe” e de outros produtos. O problema é que a novela foi um fracasso por causa da pandemia e o “Zig Zag Arena”, gravado no mesmo local, também representa um erro para a empresa.

NÚMEROS EM QUEDA

Com a demissão de grandes nomes do jornalismo e da dramaturgia, a Globo conseguiu reduzir os gastos e a folha de pagamento, mas ainda assim o prejuízo foi imenso. O Uol dá conta de que em julho ela gastou R$ 853,45 milhões com salários e encargos sociais, bem diferente do R$ 1,18 bilhão pago no fim de 2020.

Resta saber agora se a platinada vai levar em frente as mudanças com as quedas infindáveis que teve ao longo dos dois terríveis anos para o mercado do entretenimento.

Este texto não reflete necessariamente a opinião do TV Foco. 

Globo
Principal sede da Globo fica localizada no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução)

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Assuntos

Globo

Quem escreve

Paulo Vito

Paulo Vito é um jornalista que trabalha com celebridades desde 2017 e admira tudo o que envolve o mundo dos famosos e da televisão. Está sempre de olho no que acontece nas redes sociais e faz questão de prestar atenção nas polêmicas e novidades!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários