Celebridades

Carta psicografada de Dinho, Mamonas Assassinas, após 25 anos de morte cruel é devastadora: “Não iria desse jeito”

Mamonas Assassinas em seu último show antes da tragédia (Foto: Reprodução / Globo)
Mamonas Assassinas em seu último show antes da tragédia (Foto: Reprodução / Globo)

Tragédia do grupo Mamonas Assassinas aconteceu há exatos 25 anos

Esta terça-feira (02) marca o aniversário da morte do grupo Mamonas Assassinas, que nos deixaram devido à um acidente fatal de avião. A banda, que era muito querida pelo Brasil e arrastou multidões aos seus shows, foi embora desse plano espiritual há 25 anos.

+Alexandre Pato é flagrado sem roupa no mato e músculo salta para fora, após fim definitivo de Rebeca Abravanel

+Ratinho enfrenta profunda crise no SBT, fica sem chão e acaba tomando atitude drástica

+Ana Maria Braga interrompe programa ao vivo, faz comunicado urgente e desaba: “Assumir os meus erros”

No dia 2 de março de 1996, o avião que levava o grupo para uma viagem caiu sobre a Serra da Cantareira. O acidente foi fatal e todos os integrantes acabaram morrendo. A notícia pegou o Brasil todo de surpresa, principalmente pelo fato de que a banda estava vivendo seu auge.

Anos depois da tragédia, uma suposta carta psicografada foi divulgada na internet. Nela, o vocalista do grupo Dinho, acalma o coração dos fãs de quem os acompanhou por toda sua carreira e explica que aconteceu o que deveria ter acontecido.

Dinho, vocalista do Mamonas Assassinas.
Dinho, vocalista do Mamonas Assassinas (Foto: Reprodução)

“Se eu parti assim é porque precisei. Se não, irmãos, não iria desse modo. Não pegava o avião, atrasava o show, repetiria eternamente o bis, mas, não entrava. Ninguém entrava no avião”, começou contando.

“Minha vida na terra foi boa, não deixou a desejar. Amei a todos, muitos me amaram e os que comigo partiram, creiam, estão comigo até hoje. É, o tempo passou, passou… e eu cá estou me divertindo às custas da tragédia que fez a mim e a todos chorar. Triste final de semana.”, continuou.

“Não gosto nem de lembrar. Se estou falando assim desse jeito é porque trago no peito uma baita vontade de chorar. Não pelo que passou, pois muito bem me encontro e estou, também falo pelos outros amigos. O choro é de alegria, nostalgia e que se aqui cantamos, contagiando muita gente, sei que agora podemos nos apresentar para vocês também”, completou o famoso.

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Bianca Barbosa