PROIBIÇÃO!

Queima os olhos e vai te cegar: ANVISA proíbe produto popular das mulheres com mais de 1 mil arrancados HOJE

10/07/2024 às 21h09

Por: Kelves Araújo
Imagem PreCarregada
ANVISA proíbe produto popular das mulheres com mais de 1 mil arrancados HOJE - Foto: Montagem

O órgão vinculado ao Ministério da Saúde cravou a proibição crucial contra o produto queridinho das mulheres, com mais de 1.000 sendo arrancados

Indiscutivelmente, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) entra em cena como um dos principais órgãos no que se refere a qualidade final dos produtos. O órgão, vale lembrar, possui a finalidade de promover a proteção da saúde da população, pelo controle sanitário da produção e consumo de produtos e serviços.

Assim, a autarquia sempre entra em cena e com a gigantesca liberdade de realizar proibições. Dessa vez, iremos tratar de uma proibição de produto popular das mulheres com mais de 1 mil arrancados hoje. Em 2023, o órgão recebeu diversas denúncias a respeito de casos de efeitos indesejáveis causados por cosméticos para trançar e modelar cabelos, podem ter sido fonte causadora de cegueira temporária em algumas pessoas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Vale dizer que, nos últimos anos, esse tipo de cosmético virou tendência no país. Isso porque, em um movimento de aceitação e liberdade, muita gente começou a assumir seus tipos de cabelos e o estouro dos diversos estilos de penteados com tranças que se popularizaram. Logo, os produtos para trançar e modelar os fios viralizaram no mundo da moda.

De acordo com o portal do Governo Federal, a ANVISA cancelou nada menos que 1.266 notificações de pomadas para fixar ou modelar cabelos, ( Resolução-RE n . 4.972 de 28/12/2023 ). Vale dizer que, os cancelamentos da resolução publicada no dia (29/12/2023) já estavam planejados como parte das ações contínuas do órgão.

Continua após o Veja Também

Veja também

CAUSAS DO CANCELAMENTO

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com o artigo 8º da RDC 814/2023, devem ser cancelados processos de regularização de pomadas capilares sem enxágue que atendam as condições abaixo:

  • Ter a forma física declarada “pomada”;
  • Incluir o termo “pomada” no nome ou na rotulagem, em qualquer idioma;
  • Ter formulação com 20% ou mais de álcoois etoxilados, incluindo Ceteareth-20 (CAS nº 68439-49-6);
  • Ser notificado durante suspensão indicada nos Despachos da Diretoria Colegiada 9 (10/2/2023), 30 (17/3/2023), 31 (22/3/2023) e 59 (19/6/2023).
  • As empresas titulares devem ter pelo menos um produto sob sua titularidade temporalmente associado a evento adverso grave notificado à Anvisa.

Segundo o portal Agência Brasil, diversos usuários dos produtos amados pelas mulheres tiveram reações adversas, como cegueira e queimação. Assim, a Agência tem estabelecido novas medidas necessárias para proteger a saúde pública e responder rapidamente os riscos identificados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

POMADA PERMITIDAS

A Anvisa enfatiza que, somente os produtos listados como autorizados possuem o direito de fabricação e venda, segundo a Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 814/2023, artigo 9º. Neste link, confira a página com orientações a respeito das pomadas para trançar ou modelar cabelos.

Mesmo existindo a vasta lista com mais de mil pomadas proibidas pela Anvisa, também há os produtos liberados e que não causam nenhum problema ou reação adversa, sendo seguros e possuindo regulação no órgão. Você pode encontrar a lista no site oficial do Governo (Gov.br), ou clicando neste link.

Como saber se o produto tem registro na Anvisa?

Segundo o portal ‘Gov.br’, para descobrir se um produto está realmente regularizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), basta acessar o ‘Sistema de Consultas’ do órgão. As informações do Portal de Consultas são disponibilizadas diretamente pela Anvisa, o que garante a autenticidade da informação.

🚨 Tati Machado titular do Encontro + Estrelas intocáveis da Globo + Datena fora da Band: "Não tem dinheiro"    

Anvisa
ANVISA pomada
Kelves Araújo

Autor(a):

Eu sou Kelves Araújo, graduando em Engenharia de Produção Civil pelo IFCE. Apaixonado pelos bastidores da TV, gosto de acompanhar a vida dos famosos e escrever a respeito. Atuo na área desde o ano de 2019, e exerço meu trabalho com muito entusiasmo por gostar do que faço. Minhas redes sociais são: e-mail: [email protected]

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.