Agora

Agora

R$ 5 bilhões em dívidas e falência decretada: O triste fim de rival da Netflix após não resistir à concorrência

O triste fim de rival da Netflix após não resistir à concorrência - Foto: Reprodução/Internet
O triste fim de rival da Netflix após não resistir à concorrência – Foto: Reprodução/Internet

A rival da gigante de streaming teve um fim decadente após perder 75% do valor de mercado

De forma indiscutível, a Netflix é uma das maiores plataformas de streamings do mundo. Fundada em 1997, a gigante do mercado que ganhou espaço até dos cinemas, iniciou sua jornada como um serviço de entrega de DVD pelo correio.

Todavia, as coisas mudaram e a empresa acabou se consolidando como uma gigante do streaming. Aliás, uma rival da empresa não conseguiu se manter à altura da gigante americana e teve a falência decretada.

A companhia em questão se trata da Blockbuster, rede de locadoras de filmes e videogames criada em 1985 por David P. Cook, no Texas, Estados Unidos. A concorrente da líder de streaming se tornou uma das maiores dos EUA e rapidamente se expandiu.

Vale lembrar que, a Blockbuster chegou a possuir nada menos que 9 mil lojas por nove países. O mercado parecia dominado, até que surgiu um competidor imbatível, a amada e gigante Netflix.

De acordo com a CNN, no começo dos anos 2000 a empresa começou a decadência. A Forbes destaca que entre 2003 e 2005, ela perdeu 75% do valor de mercado.

Veja também

Blockbuster teve a falência decretada - Foto: Reprodução/Internet
Blockbuster teve a falência decretada – Foto: Reprodução/Internet

Diante a situação dramática e decadente, a rival da Netflix decretou a falência no ano de 2011, à medida que tentava sanar uma dívida de US$ 1 bilhão, cerca de R$ 5 bilhões.

No ano que decretou o desfecho OFICIAL, a Blockbuster foi arrematada pela Dish Network em um acordo de US$ 320 milhões. Já em 2014, todas as lojas da companhia foram fechadas, exceto a unidade em Oregon, que segue funcionando até os dias de hoje, segundo a mesma fonte.

É importante destacar que a empresa possuía 127 lojas no Brasil, unidades essas que foram compradas pela Americanas em 2007. O acordo movimentou R$ 186,2 milhões, na época.

Americanas comprou unidades da empresa no Brasil - Foto Reprodução Internet
Americanas comprou unidades da empresa no Brasil – Foto Reprodução Internet

“Esta não é uma decisão fácil, mas o consumidor agora opta claramente por ferramentas de distribuição digital de entretenimento em vídeo”, relatou Joseph Clayton, CEO da Dish Network, na época.

Pode usar Netflix em casas diferentes?

A conta do streaming deve ser usada por uma única residência. Todas as pessoas que moram nesta mesma residência podem usá-la onde quiserem, seja em casa, na rua, ou enquanto viajam.

VÍDEO YOUTUBE: Alexandre processa Ana Hickmann e diz que é dono de 50% de tudo + Record vai demitir 3 apresentadores       

TV Foco AO VIVO Acompanhe