Ratinho

Ratinho tem prisão exigida, após escandalizar com ordem, descobrir traição e vomitar absurdos: “Deveria voltar”

Ratinho (Foto: Reprodução)
Ratinho (Foto: Reprodução)

Vereador de São Paulo quer cabeça de apresentador do SBT

Ratinho, do SBT,  fez uma declaração para lá de escandalosa na última terça-feira, 16. Na ocasião, o apresentador afirmou que era a favor de uma intervenção militar – proibida pela Constituição Federal – para, na sua visão, melhorar a situação que o Brasil se encontra.

O depoimento de Ratinho acabou repercutindo de uma forma negativa na mídia, O vereador de São Paulo Eduardo Suplicy (PT) comentou que as referências ao período da ditadura brasileira, em vigor de 1964 a 1985, eram incabíveis. Por conta disso, era necessário que o apresentador fosse preso.

Suplicy escancarou que a punição do apresentador deveria ser semelhante à do deputado federal Daniel Silveira, preso por pregar a substituição dos ministros do STF e por defender o AI-5: “Por suas declarações em favor da ditadura militar, Ratinho está a merecer punição semelhante à do deputado Daniel Silveira. Por 11 a 0 o STF decidiu que ele deve estar preso”.]

+César Filho, após ter piora e precisar ser internado, recebe notícia de médico e mulher caí no choro: “Indo embora”

+César Tralli tem cabeça cortada por Maju no JH, é flagrado nos bastidores e se despede de equipe: “Respeito e gratidão”

+Luiz Bacci, após expor vídeo pelado, escancara sexo na madrugada e detona vício: “Você é meu”

Vale lembrar que Ratinho usou seu espaço na rádio Massa Fm para defender que “os homens do botão dourado” tinham que voltar ao poder para “botar ordem na casa”, realizando uma referência aos uniformes dos militares. Suplicy então debateu o tema.

“Desafio o apresentador Carlos Massa, o Ratinho, a realizar um debate em que ele venha a defender a volta dos militares ao poder no Brasil, como aconteceu de 1964 em diante, na ditadura militar, e a extinção por expulsão da população de rua, por meio da força e das armas”, afirmou ele.

Suplicy demonstrou o choque ao ver o discurso de Ratinho e afirmou que defenderia “a democracia e as instituições que signifiquem a realização da justiça, como a implantação da da renda básica de cidadania, universal e incondicional, como a defende o Papa Francisco”.

TRAIÇÃO

Recentemente, Ratinho resolveu defender o atual Presidente Jair Bolsonaro, já que ele acredita que as pessoas culpavam o líder do país por tudo que acontecia. Por conta da pandemia, o apresentador do SBT teve que ficar isolado em casa e os telespectadores não pouparam o deboche.

Recentemente, Bolsonaro incentivou as pessoas a saírem de casa e alegou que apenas os grupos de risco deveriam ser isolados. Acontece, que por ter 64 anos, Ratinho está afastado do trabalho. “Sai da sua casa, vai trabalhar, é uma vergonha você defender um Presidente como esse”, disse uma recentemente. “Então Ratinho, você foi traído pelo seu Presidente, ele mandou sair e você tá em casa, tome o seu lado”.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Giovana Mori