Celebridades

Raul Seixas, 32 anos após sua morte, envia carta do mundo dos mortos e desespera com relato: “Dor e sofrimento”

Raul Seixas
Raul Seixas retorna em carta psicografada e faz relatos perturbadores: “entre a luz e a sombra” (Foto: Reprodução)

O cantor apareceu em psicografia e trouxe uma mensagem de reflexão

A morte de Raul Seixas completará este ano, 32 anos. O cantor nos deixou devido à uma parada cardíaca, restando aqui, milhares de fãs com o coração partido.

+César Filho abre o jogo e fala sobre saída repentina do Hoje em Dia da Record: “Eu não tive bem”

+Cesar Tralli chega no Jornal Hoje cuspindo fogo pela boca, anuncia mortes urgentes e rasga notícia: “No fim”

+Daniela, filha de Silvio Santos, foge de escândalo gay, é colocada contra a parede e explode após surra em Patrícia

O cantor era chamado de Pai do Rock Brasileiro e foi responsável pela criação de músicas que estão na boca dos brasileiros até os dias atuais. Entre elas, Metamorfose Ambulante e Maluco Beleza, que trazem mensagens de reflexão.

Acontece que, seus pensamentos filosóficos não eram só em vida, já que em suposta carta psicografada divulgada pelo site whiplash.net, Raul Seixas trouxe reflexões importantes para nosso plano espiritual.

Nela, o cantor traz relatos sobre tempos sombrios que viveu depois de morrer e também refletiu sobre a maneira como vive a nossa sociedade. Confira abaixo a suposta carta completa.

“Frente à realidade que me surpreendeu, a metamorfose agora é outra! A Sociedade Alternativa não acontece no embalo dos sonhos mal sonhados, nasce na individualidade daqueles que vivem na real.

Vivi [ Raul Seixas ] como um cometa que passa e causa espanto, não consegui ajustar-me na órbita que poderia sustentar-me na trajetória rumo a felicidade que sonhei para mim e para os outros. Porém, ainda não apaguei, vou continuar entre a luz e a sombra, procurando minha própria luz em constante metamorfose.

Voltei sem alarde, faço da mente do médium o meu telégrafo para revelar ao mundo das ilusões a verdadeira Sociedade Alternativa, que nos aguarda no universo infinito e que deve ser construída no universo íntimo de cada um, aí e agora.

Depois de atravessar os vales escuros da dor e do sofrimento, minha visão ampliou-se e pude compreender que aqueles que buscam afogar suas ansiedades e frustrações nas drogas químicas e alcoólicas são como epiléticos criados artificialmente, os quais sofrem e fazem sofrer. Por isso, vejo-me [ Raul Seixas ] na obrigação consciencial de informar aos companheiros que estão a caminho que o sofrimento não pára aí, ele se estende pelos vales espirituais, onde a epilepsia se torna real, processando a duras penas os elementos venenosos inseridos no corpo perispiritual.

Muitas vezes, embalados pelo sonho e pelo lirismo dos poetas e pelo modismo estimulado pela sociedade de consumo, deixamos de enxergar a realidade à nossa volta e buscamos distrair a nossa consciência das responsabilidades inerentes à verdadeira finalidade da vida. Consequentemente, alteramos o valor das coisas e os conceitos sobre juventude, lar, família e objetivos, deixando cair vertiginosamente o nosso amor próprio e o amor por aqueles que nos são caros.

Nesse conceito equivocado, tudo se torna lícito, até mesmo o que não convém. Os que viveram esse tipo de liberdade na Terra, como eu [ Raul Seixas ], hoje superlotam os vales das sombras à semelhança de larvas, arrastando-se entre o limo e as escarpas dos abismos espirituais, situação que, em alguns casos, pode se prolongar por longos séculos.

Antes de questionar a vida, questione a si mesmo, analise seus conceitos, seus sentimentos, sua gratidão por aqueles que o ajudaram a renascer na Terra e, com certeza, você encontrará uma grande razão para viver e lutar contra o único inimigo que pode derrotá-lo: você mesmo!”, disse Raul Seixas.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Bianca Barbosa