Mais destaques

Mais destaques

Record abre espaço para ator pornô gay na programação e deixa o público em choque

Logo da Record (foto: Reprodução)
Record é acusada de golpe financeiro (foto: Reprodução)
Eduardo Picasso apareceu nas telas da Record (Foto: Reprodução)
Edu Picasso apareceu nas telas da Record (Foto: Reprodução)

A Record surpreendeu a todos com uma matéria inusitada produzida em sua filial na Bahia com o ator pornô gay Edu Picasso. Durante uma reportagem, a jornalista Amanda Silva entrevistou o famoso artista e a matéria foi parar no Jornal da Record, em rede nacional.

Jornalista relata desamparo da Globo após ficar doente e anuncia parceria com Bolsonaro

A entrevista, no entanto, nada tinha a ver com o universo dos filmes eróticos adultos, como já chegou a ser feito no passado, mas sobre os preços absurdos que eram cobrados na praia do Porto da Barra, em Salvador, onde o profissional morava.

Emissora promove mudanças (Foto: Reprodução)

O nome artístico do ator é Edu Picasso, mas na TV, ele apareceu o seu nome verdadeiro, Roger Arantes. Segundo a assessoria informou ao Bahia Notícias, ele hoje trabalha como gerente de um hotel na Alemanha, onde passou a morar.

Participante do BBB19 chama índio de animal e Vanderson parte pra cima: “Isso é crime”

Veja também

No dia da reportagem em questão, ele estava na Bahia, fazendo uma apresentação erótica na Sauna Olympus. Dessa forma, atualmente, ele divide os trabalhos entre o universo pornográfico e empresarial.

Adriana Araújo no "Jornal da Record" (Foto: Reprodução/Instagram)
Adriana Araújo no “Jornal da Record”
(Foto: Reprodução/Instagram)

Aparentemente, a repórter da Record não sabia do outro lado de Eduardo Picasso e o entrevistou na maior inocência. Esse, inclusive, foi o motivo de tanta repercussão sobre o assunto nas redes sociais.

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários