TV Foco

Record coloca Gugu Liberato aos domingos à tarde. Será que somente a mudança de horário é suficiente?

gugu2

Depois de muita especulação, a Record oficializou nesta terça-feira o novo horário de Gugu Liberato. O programa do apresentador será exibido entre 16h e 20h, recebendo audiência de Ana Hickmann e jogando público para o “Domingo Espetacular”. A mudança no horário tem como objetivo principal recuperar audiência, tirar Gugu Liberato do confronto direto com o “Pânico na TV” e Silvio Santos e colocar a Record à frente do SBT na média/dia dominical. Agora, o “Programa do Gugu” vai concorrer com futebol e duas horas do “Domingão do Faustão” e parte do programa “Eliana”. A expectativa nos bastidores da Barra Funda é que aconteça uma virada no jogo já na primeira semana de novo horário.
Augusto Liberato assinou contrato com a Record diante de muitas promessas, entre elas a faixa noturna na Record, estrutura do jornalismo e um talk show na Record News. As duas últimas não aconteceram e a primeira foi revista. Há quem afirme que Gugu Liberato só aceitou ocupar a grade vespertina depois de muita pressão e que estudos apontam que no período da tarde o apresentador poderá brincar mais e deixar de lado as matérias assistencialistas. É importante que todos os envolvidos saibam que as coisas podem não funcionar como apontadas pelas pesquisas e debatidas em longas reuniões.
Televisão não é uma ciência exata e há muitas provas disso. Televisão não é somente comprar formatos nas feiras internacionais. É olhar para talentos brasileiros. Televisão não é apenas estratégia traçada nas salas de reunião do primeiro andar com direito a seguranças no corredor. É conversa amiga no bar, nos jantares com os amigos. Televisão é sensibilidade, uma arte com estratégia. Não apenas números que surgem no terminal da audiência instantânea. É acreditar no novo. Fugir disso é enfrentar dor de cabeça.
Pouco importa o horário, o “Programa do Gugu” só tem um caminho a adotar: uma injeção de ânimo com mais criatividade. Cobrança positiva. É preciso rever muitas coisas, se livrar dos vídeos da internet, explorar o que a própria Record oferece, contar com artistas, mais números musicais, bastidores das novelas e reportagens divertidas. Não é difícil fazer e para começar só é necessário deixar algumas coisas no passado e olhar para a frente. O mundo andou!

* Foto: Edu Moraes/Record

José Armando Vanucci

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco