Mais destaques

Record prioriza jornalismo, investe pesado e deixa dramaturgia de escanteio

Direção da Record prioriza o jornalismo e deixa de lado a dramaturgia. (Foto: Reprodução)

A direção da Record tem um grande dilema pela frente quanto a exibição de novelas inéditas no horário nobre. Atualmente estão sendo apresentadas a novela Topíssima, na faixa das sete, e macrossérie Jezabel, no horário das oito, ambas inéditas e da autora Cristianne Fridman.

Mudanças em Verão 90 apagam presença de atriz veterana na reta final

Globo rejeita famosos, bane e apagão faz artistas caírem no esquecimento popular

Enquanto o jornalismo vem ganhando altos investimentos, a dramaturgia sofre com a indecisão do que virá após Jezabel, que terá apenas 80 capítulos. De acordo com informações da jornalista Cristina Padiglione, colunista da Folha, a macrossérie bíblica pode ser esticada ou ganhar a reprise de O Rico e o Lázaro com o término.

A novela Topíssima e a macrossérie Jezabel são as produções inéditas no ar pela Record atualmente. (Foto: Reprodução/Montagem/TV Foco)

Gênesis, a nova novela bíblica inédita, ainda não iniciou as gravações. É que lá na Record a prioridade, como já dito, é o jornalismo. O JR 24h, o novo telejornal da emissora, estreia no final do mês que vem com o jornalista Sérgio Aguiar, ex-Globo, e o Domingo Espetacular também passa por reformulação, com a entrada de Mariana Weickert.

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA PEDE PARA A RECORD MUDAR HORÁRIO DE TOPÍSSIMA

Exibida na faixa das sete pela Record, Topíssima ainda não atingiu os índices de audiência pretendidos pela direção da emissora, mas já fez com que a emissora batesse o martelo em relação a manter o segundo horário de novelas inéditas e movimentar ainda mais a dramaturgia.

Nova morte acontecerá nos próximos capítulos da novela A Dona do Pedaço; saiba quem será a vítima

Porém, um problema pode atrapalhar – ou não – os planos do canal paulista. O Ministério da Justiça acionou a Record em relação ao conteúdo apresentado pelo folhetim da autora Cristianne Fridman, afirmando exibir “violência, atos criminosos e drogas ilícitas”.

Felipe Cunha vive o mocinho Antônio na novela  Topíssima, exibida na faixa das sete da Record. Trama da autora Cristianne Fridman. (Foto: Reprodução)

Com isso a novela Topíssima perdeu a classificação de livre, liberada para ser exibida em qualquer horário por ter um conteúdo considerado mais leve, e agora não é recomendada para menores de 14 anos. O Ministério da Justiça ainda recomenda que o folhetim passe a ser exibido às 21h, sendo que atualmente a novela vai ao ar às 19h50.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

site statistics