QUE SITUAÇÃO!

Demissões em massa e crise: Famosa rede de farmácias adota medida de emergência diante de situação

24/04/2023 às 14h38

Por: Lennita Lee
Imagem PreCarregada
Rede famosa de farmácia entra em crise e medidas são tomadas (Foto Reprodução/Montagem/Tv Foco)

Famosa rede de farmácia adota medidas emergenciais afim de conter crise financeira

As farmácias são um dos comércios mais importantes e essenciais da nossa vida. Além de fornecer medicamentos, elas ainda fornecem produtos que garantem nosso bem estar e a nossa higiene pessoal.

Fica até difícil de acreditar que tais empreendimentos podem falir, afinal de contas, ninguém consegue viver sem uma farmácia. Mas infelizmente isso acontece sim, e uma das redes mais famosas sentiu isso na prática.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Estamos falando da rede de farmácias Santa Marta que entrou com pedido de recuperação judicial devido à terrível e grave crise que acometeu sob a empresa.

Até o momento, 18 unidades já foram fechadas, resultando em uma ação de demissão em massa de 350 funcionários em Goiás e no Distrito Federal. Vale mencionar, que apesar da situação crítica, seus funcionários tiveram seus direitos assegurados.

Continua após o Veja Também

Veja também

Porém, no dia 17 de março, ex-funcionários da drogaria Santa Marta protestaram alegando não ter recebido as verbas rescisórias e nem o FGTS *SAIBAMAIS*

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mais sobre o assunto

Atualmente, a rede Santa Marta possui 45 lojas em funcionamento, empregando cerca de 540 trabalhadores. Com o processo de recuperação judicial, a empresa tem a oportunidade para se reestruturar e voltar à crescer novamente.

Mas para isso, a rede deverá apresentar um plano de recuperação financeira, que englobe medidas para pagar dívidas e melhorar a performance financeira da empresa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Isso é um processo bem complexo e demanda tempo para ser concluído. No entanto, a recuperação judicial é a melhor solução para o negócio se reinventar e ter sua sobrevivência garantida.

A rede Santa Marta está enfrentando essa crise por consequência do período mais crítico que enfrentados, a da pandemia da Covid-19, entre outros fatores. Porém, apesar da situação, a esperança ainda sobrevive.

Estima-se que com esse recurso da recuperação judicial, a rede consiga manter o funcionamento de suas 45 lojas restantes . Para isso, é necessário tomar atenção em alguns pontos para que sua reestruturação aconteça.

Quais medidas deverão ser tomadas?

No caso da Santa Marta, um dos caminhos possíveis  inclui a renegociação de dívidas com fornecedores e a otimização de sua operação em busca de redução de custos.

Fora isso, a empresa pode buscar também por novos investidores e parcerias, implementando estratégias de marketing para atrair e fidelizar seus clientes.

Também acredita-se que a rede deva investir em inovação e buscar atingir novos nichos de mercado, buscando por oportunidades e diferenciação frente aos seus concorrentes.

Uma outra alternativa é buscar por financiamento de crédito, que será importante para que a empresa tenha capital para explorar novos canais e atingir um maior público.

🚨 Carlos Alberto expõe afastamento de Silvio Santos + Davi vive novo inferno + Desfecho de Tralli na Globo    

Farmácia
Notas curiosas
santa marta
Lennita Lee

Autor(a):

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida.Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever.Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia e os bastidores das principais emissoras brasileiras.Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ...Atualmente escrevo notícias sobre os últimos acontecimentos do cenário econômico, bem como novidades sobre os principais benefícios e programas sociais.

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.