TV Foco

RedeTV! cancela contratos de igrejas para se “qualificar”

http://1.bp.blogspot.com/_nQA2E4uVCx0/SxE1i_2WonI/AAAAAAAAAns/dDHH-lw5cIQ/s1600/rede-tv.jpg
De 20 contratos com “produções independentes” (em especial, as de igrejas que alugam horários da programação), a Rede TV! cancelou cinco -quatro deles de programas religiosos. A emissora quer se “qualificar” para crescer no mercado.
“Para nós, é importante eliminar o estigma de que temos programação segmentada”, diz o superintendente comercial Otaviano Pereira.
Se a curto prazo o “aluguel” da grade é uma forma de ocupar espaço sem gastar para produzir (e ainda ganhar), a longo prazo há um desgaste da imagem da emissora junto aos anunciantes.
Hoje, as tais “produções independentes” (desde os programas de igrejas aos de venda) somam 25% da programação da Rede TV!.
A emissora tem feito projeções (a partir da não renovação de contratos antigos) para que, em 2012, elas representem 5% da grade.
O investimento mais pesado vem sendo feito nos finais de semana: a Rede TV! comprou os direitos de exibição dos campeonatos inglês e italiano de futebol, que já ocupam seis horas entre sábado e domingo. Na semana toda, são 20 horas de conteúdo novo produzido pela emissora.
O reposicionamento deve impactar no crescimento anual, estimado em 25% para 2010. No ano passado, o índice não passou dos 20%.

:joinha:
Beijo, enfim Nada de novela: o primeiro beijo gay da TV aberta brasileira foi ao ar… no horário eleitoral. Propaganda do PSOL ontem com o discurso “você tem opção” exibiu beijo na boca entre dois homens. E isso às 13h.

:record:
Sistema de cotas A Record garante que já vendeu quatro das cotas de patrocínio de “A Fazenda 3”. O preço de tabela (que não é o preço final) é de R$ 41 milhões cada uma.

Quer pagar quanto? E embora agências de publicidade confirmem à coluna que a Record pratica descontos de 90%, o vice-presidente comercial da emissora, Walter Zagari, diz que seria “impossível” faturar R$ 2,25 bilhões (faturamento do canal em 2009) dando descontos altos aos anunciantes. E prevê faturamento de R$ 2,85 bilhões em 2010.

:sbt:
Veneno “Quem matou? Por que matou?”, pergunta Silvio de Abreu à coluna por e-mail. Mestre em suspenses, o autor de “Passione” se refere à morte de Eugenio Gouveia (Mauro Mendonça) que parecia ter morrido de infarto no início da novela, mas, na verdade, foi envenenado.

E mais morte “Isso vai ser descoberto daqui algumas semanas e, a partir daí, a novela entra num clima policial e investigativo”, completa. Segundo ele, haverá mais uma morte nos próximos capítulos.

:globo:
Fôlego O horário eleitoral anteontem, aliás, não derrubou a audiência de “Passione”, que entrou às 21h20 no ar. A Globo marcava 30 pontos durante a propaganda política e conseguiu repetir o recorde do dia anterior da novela: 37 pontos de audiência.

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco