Celebridades

Celebridades

Regina Duarte: do “medo” de Lula à devoção a Bolsonaro, a trajetória da atriz na política

Regina Duarte foi contra eleição de Lula em 2002 e apoiou Bolsonaro em 2018 (Foto: Montagem / TV Foco)
Regina Duarte foi contra eleição de Lula em 2002 e apoiou Bolsonaro em 2018 (Foto: Montagem / TV Foco)
Regina Duarte foi contra eleição de Lula em 2002 e apoiou Bolsonaro em 2018 (Foto: Montagem / TV Foco)
Regina foi contra eleição de Lula em 2002 e apoiou Bolsonaro em 2018 (Foto: Montagem / TV Foco)

Regina Duarte sempre se demonstrou atuante na política brasileira

Regina Duarte deverá finalmente ser anunciada para a Secretaria de Cultura do Governo de Jair Bolsonaro. A atriz da TV Globo,  com dezenas de trabalhos na emissora carioca, conversou com o presidente pessoalmente nesta segunda-feira (20), no Rio de Janeiro, e visitará a sede da pasta em Brasília na próxima quarta, 22 de janeiro.

Regina Duarte, que em 1979 viveu em Malu Mulher uma mulher recém divorciada enfrentando as dificuldades e preconceitos na tentativa de sustentar a família sozinha, diz ter lutado pelas Diretas Já em palanques ao lado de figuras como Luiz Inácio Lula da Silva.

Mas após a redemocratização, diferentemente de boa parte da classe artística, que fez campanha para candidatos de esquerda, Regina Duarte veio a público diversas vezes para defender políticos e pautas de centro-direita, sobretudo do PSDB. Recentemente, porém, deu uma guinada mais à direita: em 2018, declarou apoio e fez campanha para Jair Bolsonaro. Nos últimos meses, manifestou-se várias vezes em defesa do presidente.

Veja também

Em um de seus apoios políticos ao PSDB, vale destacar, na campanha a favor de José Serra quando este disputava a Presidência em 2002, disse uma frase que marcaria sua história: “Eu tô com medo”. O medo era de que Lula fosse eleito, o que, de fato, acabou acontecendo.

'Eu tou com medo': frase dita por Regina Duarte contra Lula em 2002 ficou famosa — (Foto: YouTube/Reprodução)
‘Eu tou com medo’: frase dita por Regina Duarte contra Lula em 2002 ficou famosa — (Foto: YouTube/Reprodução)

“Eu estou com medo. Faz tempo que eu não tinha esse sentimento. Porque o Brasil, nesta eleição, corre os risco de perder toda a estabilidade que foi conquistada. (…) Nós temos dois candidatos à presidência. Um eu conheço, que é o Serra. É um homem do genérico, do combate à Aids. O outro, eu achava que conhecia, mas eu já não o conheço mais”, dizia Regina Duarte, referindo-se a Lula.

Vale destacar que, caso confirme sua ida ao cargo, Regina Duarte substituirá o ex-secretário da Cultura, Roberto Alvim, exonerado na sexta depois de divulgar um vídeo com estética e conteúdo nazistas.

Veja agora: Apresentador galã de TV dá basta e resolve se assumir gay de vez: veja fotos   

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários