Celebridades

Regina Duarte vai participar de campanha publicitária comandada por Damares após declarar apoio ao governo

Regina Duarte (Foto: Divulgação/TV Globo)
Regina Duarte (Foto: Divulgação/TV Globo)

Ao que tudo indica, a atriz Regina Duarte fã do governo de Jair Bolsonaro, irá participar em campanha publicitária que será promovida pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, encabeçado pela polêmica Damares Alves, e ao que tudo indica, já está em andamento.

De acordo com a revista “Fórum”, Regina Duarte irá participar em uma campanha voltada para a prevenção do suicídio e da automutilação. A atriz, inclusive, já demonstrou em diversas situações seu favoritismo pelo polêmico presidente da república, Jair Messias Bolsonaro, e aparecerá de forma oficial em uma campanha promovida pelo governo do presidente eleito.

+Roberto Cabrini revela a verdade por trás do pagamento de Najila Trindade em exclusiva: “Nem um centavo”

+Najila Trindade é flagrada em videoclipe de pagode; modelo acusa Neymar de estupro

+Cantor de banda famosa morre aos 47 anos no auge da carreira e deixa público desesperado

O tema que será trabalhado por Regina Duarte, inclusive, já foi abordado pelo governo em abril, quando trouxe a modelo Luiza Brunet para participar de campanha promovida pelo  mesmo ministério comandado por Damares, com os mesmos assuntos abordados. Porém, não existe previsão certa de quando a morena gravará a peça nem de quando a campanha irá ao ar nas telinhas.

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, detonou outro personagem da TV (Foto: Divulgação)
A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves irá promover campanha com Regina Duarte (Foto: Divulgação)

Regina Duarte não esconde sua preferência pelo atual presidente Jair Bolsonaro, e recentemente, a atriz não poupou palavras para falar tudo o que pensa no “Programa do Bial” na Globo, comandada pelo apresentador Pedro Bial. “Em 2002 fui chamada da terrorista e hoje sou chamada de fascista, olha que intolerância?“, comentou Regina Duarte.

Na ocasião em que Regina Duarte se refere, a atriz lembra que foi chamada de terrorista quando, durante apresentação em uma peça da campanha eleitoral presidencial, provocou uma verdadeira polêmica ao revelar que tinha medo de considerar uma vitória ao PT no poder.

Já no ano de 2018, Regina Duarte declarou seu apoio ao presidente Jair Bolsonaro, e revelou em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo que seu voto iria para um político “Doce, um homem dos anos 50, um jeito masculino, machão”. O engajamento de Regina Duarte com a política é tanto, que a atriz não poupa polêmicas para dizer o que pensa, sempre compartilhando e opinando sobre questões do novo governo.

+“Neymar da Penha”, Eduardo Bolsonaro comemora projeto de lei que agrava pena de denúncia caluniosa

Damares, inclusive, chegou a compartilhar um foto da famosa com o presidente em suas redes sociais, informando ao público a novidade na nova campanha. “A atriz Regina Duarte vai estrelar uma campanha contra o suicídio e a automutilação, proposta pelo Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos. A pauta ganhou mais atenção desde que Damares Alves assumiu o comando da pasta. Agora, o governo prepara a campanha para que o material seja gravado.Em abril, Luiza Brunet também participou de um vídeo do ministério alertando para o mesmo problema.”, escreveu.

TV Foco no Youtube

Sobre o autor

Ionara Santna