William Bonner

Renata Vasconcellos e William Bonner quebram protocolo, batem bola na bancada do JN e destroem rival: ‘Esquema’

Os âncoras da Globo, William Bonner e Renata Vasconcellos (Reprodução)
Os âncoras da Globo, William Bonner e Renata Vasconcellos (Reprodução)

Os apresentadores da Globo, Renata Vasconcellos e William Bonner repercutiram notícias relacionadas ao presidente Jair Bolsonaro

Âncoras do Jornal Nacional, da Globo, Renata Vasconcellos e William Bonner voltaram a destruir o presidente Jair Bolsonaro na noite dessa quarta-feira, 2, durante a exibição do telejornal de maior audiência do país, que teve o tempo de exibição reduzido por causa da transmissão do futebol. Em um bate bola de informações, os comunicadores falaram sobre os assuntos mais importantes do dia envolvendo o mundo político.

Logo no começo, Renata Vasconcellos explicou aos telespectadores da Globo que a Polícia Federal pediu mais tempo ao Supremo Tribunal Federal para investigar uma suposta interferência de Jair Bolsonaro na própria instituição.

+Neto, após não conseguir fazer sexo, faz cirurgia que aumenta o pênis e expõe vício: ‘Masturbava muito’

+Catia Fonseca é pega no banheiro de casa, é acusada de exagero publicamente e devolve sem dó: “Acha que vou esperar” 

Para quem não se recorda, em abril deste ano o então ministro Sergio Moro, ao pedir demissão do cargo, acusou o presidente de tentar interferir na PF, sobretudo na superintendência do Rio de Janeiro. Desde o ano passado, a família Bolsonaro está envolvida em escândalo com o uso indevido do dinheiro público, mais precisamento o “01”, Flávio Bolsonaro, que, segundo o Ministério Público do RJ, era o líder de um esquema criminoso e tinha como braço direito Fabrício Queiroz, amigo de longa data do presidente, e autor de vários depósitos suspeitos na conta da primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

ÂNCORAS DA GLOBO FALAM SOBRE VACINAÇÃO

Em outro momento, William Bonner e Renata Vasconcellos repercutiram uma declaração de Jair Bolsonaro , na qual o político disse que ninguém seria obrigado a tomar vacina contra a Covid-19, caso não queira se imunizar para a doença. No entanto, a fala do presidente contradiz ele mesmo, pois, há pouco tempo, Bolsonaro assinou uma lei tornando a vacina contra o coronavírus obrigatória.

Desde meados de março, o país enfrenta a pandemia do coronavírus que, oficialmente, já infectou mais de 4 milhões de brasileiros e fez mais de 123 mil vítimas fatais. Contrário às medidas de isolamento que salvou milhares de vida, conforme instituições científicas, Bolsonaro foi duramente criticado em algumas edições do JN, comandado por Renata Vasconcellos e William Bonner, pela maneira controversa como ele conduziu o país em meio à pandemia.

RENATA VASCONCELLOS E WILLIAM BONNER

E por falar nos âncoras da Globo, os dois têm sido as principais vítimas dos ataques virtuais feitos por críticos da emissora carioca, sobretudo os apoiadores de Jair Bolsonaro, que acusam o canal de tentar destituir o político do cargo. Mais recentemente, Maria Júlia Coutinho, que comanda o Jornal Hoje, também passou a ser duramente atacada e uma hashtag chamando-a de “mentirosa” chegou a figurar entre os assuntos mais comentados do Twitter.

+Jojo Todynho toca o terror na produção da Fazenda 12 com exigência surreal: veja elenco completo com Biel e outros

Em entrevista ao apresentador Serginho Groisman, no Altas Horas, William Bonner admitiu que, sim, parte das críticas à imprensa são personalizadas em sua pessoa. Ainda, ele afirmou que os críticos, incomodados com a mensagem, buscam “abater o mensageiro” em vez de se preocupar em sanar a origem do problema.

William Bonner no comando do 'Jornal Nacional' (Foto: reprodução/Globo)
William Bonner no comando do ‘Jornal Nacional’ (Foto: reprodução/Globo)

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco