ALERTA!

“É proibido”: Renata paralisa JN às pressas com decreto da ANVISA contra produto popular de idosos 60+

28/06/2024 às 17h34

Por: Wellington Silva
Imagem PreCarregada
Renata Vasconcellos no JN - Anvisa (Foto: Reprodução, Montagem - TV Foco)

Idosos são surpreendidos com decisão da Anvisa noticiada por Renata Vasconcellos durante o Jornal Nacional

A âncora Renata Vasconcellos interrompeu o Jornal Nacional inesperadamente para anunciar um importante decreto da ANVISA que impacta diretamente a população idosa do país. A medida, que proíbe a comercialização de um produto amplamente utilizado por pessoas com mais de 60 anos, foi divulgada em caráter de urgência devido a preocupações de saúde pública.

O anúncio gerou grande repercussão, uma vez que milhões de brasileiros dependem desse item em seu dia a dia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No Jornal Nacional, Renata Vasconcellos expôs proibição da Anvisa (Foto: Divulgação)
No Jornal Nacional, Renata Vasconcellos expôs proibição da Anvisa (Foto: Divulgação)

Na edição de ontem (27) do Jornal Nacional, Renata Vasconcellos pegou todos que estavam assistindo o maior jornal do Brasil, de surpresa. Isso por que a jornalista trouxe detalhes de uma decisão da Anvisa que impacta milhões de brasileiros, e principiante os idosos, que são os mais fáceis de cairem em certas “armadilhas”.

A notícia se tratava de remédios vendidos como naturais que na verdade são de uso controlado, segundo estudo.

Continua após o Veja Também

Veja também

Produtos comercializados online com rótulo de naturais e fitoterápicos, na verdade, possuem substâncias de uso controlado e só poderiam ser vendidos mediante prescrição médica.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A denúncia foi feita em uma reportagem do Jornal Nacional, da TV Globo, na quinta-feira, 27, após um estudo da Unicamp encontrar essas substâncias em produtos vendidos como fitoterápicos, que são medicamentos naturais à base de plantas.

William Bonner e Renata Vasconcellos na bancada do Jornal Nacional (Reprodução: Globo)
William Bonner e Renata Vasconcellos na bancada do Jornal Nacional (Reprodução: Globo)

“Detectamos principalmente três substâncias: sibutramina, um composto que reduz o apetite, e dois antidepressivos: bupropiona e fluoxetina”, afirmou ao Jornal Nacional José Luiz da Costa, coordenador do Ciatox – Centro de Informação e Assistência Toxicológica da Unicamp, referindo-se a uma cápsula vendida na internet com a promessa de emagrecimento.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Detalhes

Sibutramina, bupropiona e fluoxetina são compostos sintéticos, e não naturais. A bupropiona é usada para ajudar a parar de fumar, enquanto a fluoxetina é indicada para depressão. A sibutramina, por sua vez, auxilia na perda de peso, mas deve ser administrada em doses adequadas e acompanhada de dieta e exercícios.

Em entrevista ao Jornal Nacional, a presidente da Associação Brasileira de Fitoterapia, Maria Angélica Fiut, enfatizou que apenas profissionais de saúde podem prescrever medicamentos, inclusive os naturais. “Não é porque é natural que não faz mal. Isso é importante destacar. As combinações – às vezes, o paciente está fazendo uso de algum medicamento -, o que ele pode usar de fitoterápico, isso tudo tem que ser avaliado”, alertou Fiut.

Vale ressaltar que fitoterápicos, assim como outros medicamentos, são regulamentados e fiscalizados pela Anvisa. Eles podem ser produzidos em escala industrial ou preparados sob encomenda em farmácias de manipulação.

Anvisa (Foto: Reprodução/ Internet)
Anvisa (Foto: Reprodução/ Internet)

Estabelecimentos autorizados e devidamente licenciados têm permissão para realizar vendas online. A comercialização de medicamentos por meio de redes sociais ou plataformas de e-commerce é proibida.

Como fazer uma denúncia para a Anvisa?

Para fazer uma denúncia à Anvisa, acesse o portal oficial da agência e utilize o sistema de atendimento eletrônico.

Alternativamente, você pode ligar para o número 0800 642 9782. Siga as instruções fornecidas para registrar sua queixa.

🚨 Globo arranca Ana e Poeta do ar por R$ 450M + Maju fora do Fantástico na surdina + Ratinho defende ex de Iza    

âncora do jornal nacional
Âncora Renata Vasconcellos
Anvisa
Anvisa produtos
Jornal Nacional
renata Vasconcellos
Wellington Silva

Eu sou Wellington Silva, tenho 26 e sou apaixonado pelo mundo dos famosos e reality shows. Tenho formação em Técnico em Redes de Computadores pela EEEP Marta Maria Giffoni de Sousa e me considero redator por vocação. Sou aficionado pela vida dos artistas. Já trabalhei em sites focados em artistas musicais e atualmente trabalho em sites focados nas celebridades no geral. Faço matérias com foco em reality shows, salários dos famosos, cantores, e como um bom noveleiro que sou, sobre as grandes novelas. Posso ser encontrado nas redes sociais como: @ueelitu

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.