SBT

SBT

Repórter do SBT persegue as pessoas em Suzano e vítima da tragédia esbraveja: “Eu não quero falar!”

Vítima é desrespeitada por repórter do SBT (Foto: Reprodução)
Vítima é desrespeitada por repórter do SBT (Foto: Reprodução)
Vítima é desrespeitada por repórter do SBT (Foto: Reprodução)
Vítima é desrespeitada por repórter do SBT (Foto: Reprodução)

O SBT transmitiu momentos constrangedores ao vivo na manhã desta quarta-feira (13) em Suzano, quando a repórter que fazia a cobertura da tragédia na escola se desesperava por novas informações e tentava falar com as pessoas a qualquer custo.

Globo interrompe a grade e anuncia novo massacre, com dez mortos

Ela tentou falar com as mães das crianças vítimas da chacina que matou oito pessoas, além dos próprios homicidas, e insistiu que a equipe dos bombeiros desse novas informações ao público do Primeiro Impacto, mas recebeu a recusa.

Alunos foram vítimas de massacre (Foto: Twitter/UOL)
Alunos foram vítimas de massacre (Foto: Twitter/UOL)

Foi aí que ela tentou, novamente, falar com uma das mães de uma criança do colégio, que estava em momentos de desespero, e acabou levando gritos da mulher que estava em frente à escola de Suzano.

Ela tentou fazer a senhora falar sobre a situação e não respeitou a sua dor, quando a mulher esbravejou: “Eu não quero falar!”. O vídeo está circulando nas redes sociais e está sendo detonado pelo público. Confira a seguir:

Veja também

https://twitter.com/portalpopdaily/status/1105837895867424768

A COBERTURA

A Globo interrompeu a sua programação para mostrar os detalhes da chacina que fez dez vítimas.

Alunos foram vítimas de massacre (Foto: Twitter/UOL)
Alunos foram vítimas de massacre (Foto: Twitter/UOL)

Ana Maria Braga alfineta Tereza e diz que ela estava carente no BBB19: “É só um jogo”

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, foram atingidas dezenas de pessoas e sete delas acabaram não resistindo. Entre as vítimas, estão alunos e funcionários da escola de Suzano. No entanto, de acordo com as informações da Globo, os dois eram alunos da escola e agiram por vingança.

Alunos foram vítimas de massacre (Foto: Twitter/UOL)
Alunos foram vítimas de massacre (Foto: Twitter/UOL)

O Corpo de Bombeiros continua na escola Raul Brasil, que contava com mais de mil alunos e 120 funcionários, aproximadamente, na região central da cidade de Suzano. Os atiradores entraram no local usando máscaras e tocas, com relógios virados para baixo, e cometeram suicídio logo em seguida. Foram 17 feridos.

Muitas crianças continuam feridas e algumas não resistiram aos ferimentos. Vale lembrar que a Globo interrompeu a sua programação ainda quando o Bem Estar estava sendo exibido e o Encontro com Fátima Bernardes foi cancelado. Na Record, o Hoje em Dia deu início à cobertura e foi interrompido por Reinaldo Gottino.

Alunos foram vítimas de massacre (Foto: Twitter/UOL)
Alunos foram vítimas de massacre (Foto: Twitter/UOL)

O apresentador do Balanço Geral deve seguir com a cobertura de Suzano até a faixa vespertina. A Band também promoveu uma ampla cobertura, enquanto a RedeTV! seguiu com a sua programação normal e o SBT entrou no ar com o Bom Dia & Cia, após ter dado início à cobertura no Primeiro Impacto.

O SBT segue com a cobertura do caso no Rio de Janeiro, bem como a Globo, enquanto o programa de Silvia Abravanel é exibido para as demais regiões do país.

VÍDEO YOUTUBE: Faustão é MENOSPREZADO pela Band e Apresentadora da Globo é espancada

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários