TV Foco

Reprise de Mutantes – Caminhos do Coração marca a volta dos efeitos especiais na TV

Divulgação/Record Divulgação/Record
A atriz Júlia Magessi, a Ângela de Mutantes – Caminhos do Coração, durante gravação da novela no Rio: a personagem podia voar

Sem dúvida alguma, o grande destaque da novela Mutantes – Caminhos do Coração, que a Record vai reapresentar a partir da próxima segunda-feira (31), foi o uso maciço de efeitos visuais. Quem não se lembra do ator Sérgio Malheiros, o Aquiles, correndo quilômetros em segundos? E dos voos da menina Ângela, vivida pela atriz-mirim Júlia Maggessi? E da visão privilegiada de Ágata (Juliana Xavier)?

Todo o trabalho de efeitos visuais da trama de Tiago Santiago – que foi ao ar pela primeira vez de agosto de 2007 a junho de 2008 e que gerou outras duas continuações de igual sucesso – é assinado pela equipe de Marcelo Brandão, de 45 anos, supervisor de efeitos visuais da Record há quatro. Ele disse ao R7 estar feliz com a reprise da novela, que vai ocupar a faixa das 18h15.

– Estou otimista com a reprise. Acho que vai fazer sucesso de novo. Vai pegar um horário mais cedo, ideal para crianças e jovens.

Para a tarefa, Marcelo teve à sua disposição uma equipe de 25 pessoas e equipamentos de computação dignos dos filmes de Hollywood, mas não gosta de comparações com o cinema.

– Não dá para comparar um filme, com 90 minutos de duração e que leva muito mais tempo na finalização, com uma novela, de 45 minutos diários. Mas, sem dúvida nenhuma, a gente conseguiu um trabalho muito bom. Muitas TVs do mundo não tiveram a ousadia que a gente teve aqui na Record.

Muita coisa foi desenvolvida pela equipe de Marcelo. Por exemplo, um marcador para as asas da personagem Ângela (Júlia Maggessi).

– As asas da anjinha eram colocadas num efeito de computador. O movimento delas era captado por essas bolinhas, como numa antena, desenvolvida pela nossa equipe. Para cada efeito visual, a gente bolava uma solução. As imagens depois eram inseridas graças ao fundo verde de chroma-key (como mostra a foto acima dessa reportagem).

Segundo Marcelo, o desafio foi grande, já que foram 240 capítulos na primeira parte da trilogia, e por episódio havia muitas cenas que exigiam o máximo de sua equipe.

– Sem dúvida nunca houve antes um programa diário com tanto efeito visual. Havia de 20 a 30 cenas por dia que necessitavam do nosso trabalho. Isso foi inédito. Um desafio e tanto. Mas valeu a pena. Foi um sucesso arrebatador.

Mutantes – Caminhos do Coração rendeu excelentes médias de audiência à Record. A novela alcançava os 20 pontos, consolidando o segundo lugar para a emissora. Algumas vezes, chegou-se à liderança.

http://i2.r7.com/mulheraranha2-hg-20100524.jpg

A atriz Natália Guimarães, que interpretava a mulher-aranha na novela. Foto Divulgação Record

O R7 quis saber com Marcelo, qual foi o personagem que mais deu trabalho para a sua equipe. Eis a resposta:

– Com certeza foi a mulher-aranha, vivida pela Natália Guimarães. Foi muito difícil fazer o contato das patas de aranha com o corpo dela. Tudo foi feito em 3D. Tudo que existe só no plano virtual é complicado de fazer a junção com o real. Temos que nos esmerar muito para não ficar artificial.

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco