Agora

Agora

RISCO à saúde: A marca de medicamentos arrancada das prateleiras pela ANVISA com urgência

ANVISA proíbe vendas de medicamentos (Foto: Reprodução, Montagem, TV Foco)
ANVISA proíbe vendas de medicamentos (Foto: Reprodução, Montagem, TV Foco)

ALERTA! Anvisa emite comunicado e manda tirar vários medicamentos de circulação após descoberto casos de falsificação

Anvisa determinou a apreensão e a proibição da comercialização, da distribuição e do uso de unidades falsificadas dos medicamentos Botox®️ (Lote: C3709C3) e Durateston® (Lote: 701012LR).  A medida foi publicada por meio da Resolução RE 2.198/2023.

Contudo, logo em seguida, por meio da Resolução-RE 2.208/2023, também foram determinadas a apreensão e a proibição da comercialização, da distribuição e do uso de unidades falsificadas do lote W07209 do produto Dysport®️.

Os produtos podem ser diferenciados pelas datas de fabricação e validade, que são diferentes dos produtos originais.

As medidas foram tomadas após operação policial que encontrou embalagens do Botox®️ falsificadas.

A data de fabricação do lote original (C3709C3) é 09/2014 e a data de validade 08/2017. O produto falsificado traz o mesmo número de lote, mas a sua data de fabricação consta como 05/2022 e a de validade como 05/2025, conforme imagem abaixo.

Veja também

Além disso, o lote original (C3709C3) não foi destinado ao mercado brasileiro, tratando-se, portanto, de falsificação. O medicamento Botox®️ está devidamente registrado em nome da empresa Allergan Produtos Farmacêuticos.

O que fazer se comprar um desses medicamentos?

A Anvisa orienta que a população e os profissionais de saúde somente adquiram medicamentos em estabelecimentos devidamente regularizados. Além disso, sempre na embalagem completa (dentro da caixa) e mediante emissão da nota fiscal.

Contudo, em caso de identificação de unidades dos medicamentos com suspeita de falsificação, a população ou os profissionais de saúde não devem utilizar o produto e devem entrar em contato com as empresas detentoras do registro desses produtos, para verificar sua autenticidade.

Além disso, o fato deve ser comunicado imediatamente à Anvisa, preferencialmente por meio do sistema Notivisa (no caso de profissional de saúde) ou por meio do sistema da Ouvidoria, utilizando a plataforma FalaBR  (no caso de pacientes).

🚨 Fátima Bernardes na Record + Thais Fersoza expõe farsa no BBB24 + Globo obriga Rodriguinho a se "humilhar" por Davi

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA