Agora

Agora

R$6 bilhões de faturamento: Nova rival gigante chega com pés na porta e aterroriza Renner, C&A e Riachuelo

Logos Renner / C&A / Riachuelo - Montagem: Internet
Logos Renner / C&A / Riachuelo - Montagem: Internet

Empresas como Renner, C&A e Riachuelo precisam estar com os olhos bem abertos diante de rival que chega com tudo para botar terror

Quando o assunto se trata de empresas gigantes no ramo da moda, sem dúvidas, não podemos deixar de falar da Renner, C&A e Riachuelo.

Contudo, a notícia hoje não é tão agradável para as empresas citadas, afinal, uma nova rival da gigantes simplesmente acaba de chegar tudo, e já promete aterrorizar as suas concorrentes.

Bom, sem mais delongas, vamos direto aos fatos. Estamos falando da Shein, que já faturou  mais que Renner, Riachuelo e C&A em moda online.

Qual o faturamento da Shein?

Uma pesquisa realizada pela gestora Aster Capital estima que Shein e Mercado Livre movimentaram, respectivamente, R$ 7 bilhões e R$ 6,5 bilhões em produtos de moda no Brasil em 2022, muito mais do que varejistas tradicionais de vestuários. As informações são do portal Neo Feed.

Bom, conforme o que foi divulgado, a Shein, a cada dia que passa, se torna um pesadelo maior para as empresas brasileiras. Afinal, a Chinesa oferece uma gama de produtos com qualidade e preço baixo, e isso é tudo que o brasileiro gosta.

Veja também

“Empresas como Renner, Guararapes e C&A têm um desafio pela frente por conta da situação de crédito e da Shein, que atende um público semelhante e tem uma força assustadora”, diz Rodrigo Nasser, sócio e managing partner da Aster Capital, responsável pelo estudo.

Pois bem, é melhor que as gigantes brasileiras se cuidem, afinal, a Shein se atualiza a cada dia que passa, e sem dúvidas é um mercado que está cada dia mais em ascenção.

Podemos citar como exemplo um relatório do Bank of America (BofA). O relatório citado rebaixou o preço-alvo das ações da Renner de R$ 35 para R$ 25. O banco fez uma pesquisa com 18 itens da Renner e descobriu que os preços da varejista de origem gaúcha são 2,7 vezes maiores do que os de produtos similares da Shein.

“Ainda que a gente atribua uma parte da fraqueza nas vendas de hoje a fatores climáticos e dificuldades de crédito dos consumidores, não vemos nenhuma solução de médio prazo para as ameaças crescentes do e-commerce de vestuário cross-border,” diz um trecho do relatório do BofA, em referência à Shein.

Ou seja, agora só resta aos clientes aguardar, para saber qual será o futuro das grandes empresas que precisam lidar com a concorrência com a SHEIN.

🚨 Urgente! Ana Hickmann comete 'crime', Betty Faria humilha Bolsa Família e Bocardi detona

Quem escreve

Bianca Rayla

Eu sou Bianca Rayla, Administradora por formação, pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte- UFRN e Redatora Web por amor e vocação. Apaixonada por cobrir o mundo das celebridades desde 2018, já passei por diversos sites do mundo do entretenimento. Apaixonada por música sertaneja e uma boa fofoca, faço matérias diariamente sobre os mais diversos assuntos, com foco nos artistas da Globo , os quais tenho grande admiração. Meu e-mail é: [email protected] Minhas redes sociais são: