CHOCANTE

R$35,6 milhões liberados: Rival do Nubank se une ao Banco Central e confirma pagamento a milhares de CPFs


Banco Central, dinheiro e Nubank (Foto: Reprodução / Globo / Montagem TV Foco)

Rival do Nubank vai ter que devolver milhões a alguns de seus clientes

Todo mundo sabe que o Nubank se tornou um dos maiores bancos do país. Ele é conhecido por sua inovação e excelência em atendimento ao cliente.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Telegram

Em um cenário muitas vezes repleto de experiências desagradáveis, o Nubank se destaca pela positividade e eficácia no trato com seus clientes.

SAIBA MAIS! PIX de R$2 mil chegando na conta: Nubank libera grana EXTRA para salvar clientes em apenas 9 passos online

A partir da confiança conquistada com o Nubank, novas fintechs acabaram ganhando força no Brasil e entre elas, o C6 Bank acabou se consolidando.

Receba nossas notícias diretamente no seu WhatsApp


De acordo com o portal Valor Econômico, o C6 Bank assinou um termo de compromisso com o Banco Central (BC) após a autarquia o obrigar a deixar de cobrar indevidamente encargos de parcelamento de fatura de cartão de crédito.

Veja também

Rival do Nubank se une ao Banco Central e confirma pagamento a milhares de CPFs (Foto: Reprodução / Instagram)
Rival do Nubank se une ao Banco Central e confirma pagamento a milhares de CPFs (Foto: Reprodução / Instagram)

Sendo assim, o banco firmou um acordo com o Banco Central, comprometendo-se a reembolsar R$ 35,9 milhões a 264.303 clientes.

Esse valor chocante corresponde a cobranças indevidas efetuadas no parcelamento de faturas de cartão de crédito entre 11 de novembro de 2020 e 20 de julho de 2022.

Os valores a serem devolvidos serão corrigidos pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) desde a data da cobrança indevida até o momento do reembolso.

O C6 Bank e um administrador da instituição se comprometeram a recolher R$ 1,8 milhão ao BC como contribuição pecuniária, sendo R$ 1,62 milhão do primeiro e R$ 180 mil do segundo. O termo com o C6 Bank foi assinado no dia 22 de abril de 2024.

Se o reembolso não for efetuado dentro de três meses, o acordo prevê que o C6 Bank deverá pagar uma contribuição financeira adicional ao Banco Central, correspondente ao montante ainda não restituído.

C6 Bank muda tudo no cartão para finalmente desbancar o Nubank - Montagem: TVFOCO
C6 Bank e Nubank (Foto: Reprodução / Canva / Montagem TV Foco)

COMO SABER SE EU TENHO DIREITO?

Além disso, o C6 Bank ainda deverá contratar empresa de auditoria independente para fazer um relatório sobre o cumprimento das obrigações previstas no termo de compromisso.

Em sua defesa, o C6 Bank afirma que “adotou medidas sólidas para que tal situação não volte a ocorrer”.

O termo de compromisso é um instrumento do Banco Central em que instituições, administradores e ex-administradores investigados se comprometem a corrigir irregularidades antes do início do Processo Administrativo Sancionador (PAS) ou, se esse já estiver iniciado, com a suspensão de seu andamento.

Decreto do Banco Central atinge 3 gigantes (Foto: Agência Brasil)
Banco Central (Foto: Agência Brasil)

Ainda de acordo com o portal Valor Econômico, em nota oficial, o C6 Bank informou que “as questões que originaram a assinatura do termo de compromisso foram resolvidas em 2022, assim que detectado o erro”.

Ainda segundo a instituição, a restituição de mais de 98% do valor já foi realizada em 2022 e o banco seguirá as condições e prazos acordados com o Banco Central para realizar as compensações necessárias.

Desse modo, a devolução será feita de forma automática aos clientes que têm direito sobre alguma devolução. Em caso de dúvidas, os correntistas do rival do Nubank podem entrar em contato com os canais oficiais do C6 Bank.

C6 Bank encerra serviço e donos de cartões de crédito têm péssima notícia (Reprodução: Internet)
Cartão de crédito e aplicativo do C6 Bank (Foto: Reprodução / Canva)

QUANTOS CLIENTES TEM O NUBANK E O C6 BANK?

Conforme informações destacadas pelo próprio Nubank, hoje mais de 90 milhões de pessoas usam o banco online. Mas, a meta da instituição financeira é em 2024 alcançar a marca dos 100 milhões.

De acordo com informações do portal Insights, o JP Morgan tornou-se acionista do C6 Bank em junho de 2021, quando adquiriu uma participação de 40% no banco digital.

Desde então, a fintech triplicou o número de clientes, para 25 milhões de usuários atualmente.

🚨 Davi assume uso de dinheiro doado ao RS + Globo crava desfecho do campeão + Dona Déa é DETONADA         

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Sou formado em Teatro, Produção Audiovisual e Jornalismo e completamente apaixonado por comunicação. Já atuei em emissoras de TV como Assistente de Produção e Redator em portais de entretenimento. Escrevo sobre televisão e seus bastidores, com responsabilidade, clareza, leveza e muito amor desde 2008. Mas a minha realização profissional está no Departamento de Novelas e Realities, no qual faço parte no TV Foco desde 2022. Além de Redator, atuo como Co-Apresentador das Lives do site no YouTube, às terças e sextas-feiras. Minhas redes sociais são: diego.laureano@otvfoco.com.br