Especiais

Saiba o que aconteceu com os atores de Chaves 40 anos após o seriado

Elenco do divertido seriado mexicano Chaves (Foto: Reprodução)
Elenco do divertido seriado mexicano Chaves (Foto: Reprodução)

Chaves é exibido até os dias de hoje pelo SBT

O seriado mexicano Chaves faz sucesso em todo o Brasil, o mesmo foi produzido pela Televisa entre as décadas de 70 e 80, e mesmo com tantos anos desde a sua produção, o seriado ainda é exibido, pelo menos aqui no Brasil.

E após os mais de 40 anos de exibição, muitos se perguntam, por onde andam os atores do seriado? Pois bem, iremos contar agora o que aconteceu com cada um deles.

+Datena recebe Dória ao vivo na Band, quebra pau é exposto e bate-boca acaba explodindo: “Ah, agora vai ter pau”

VEJA A SEGUIR

Roberto Gómez Bolaños, o Chaves, foi quem criou o seriado, além de Chaves ele também é conhecido por interpretar o atrapalhado Chapolin Colorado. Após o fim do seriado, ele ainda trabalhou de forma ativa na TV, ele era uma das figuras mais reconhecidas dentro do cenário artístico do México.

Nos anos 2000, ele escreveu alguns episódios da série animada Chaves. Ao final da sua vida, o ator sofreu bastante devido a um problema de próstata, vindo a falecer no ano de 2014, e contou com um funeral gigantesco, no Estádio Azteca, na Cidade do México.

Roberto Bolaños foi criador e estrela da série Chaves. (Foto: Montagem/Reprodução)
Roberto Bolaños foi criador e estrela do seriado Chaves (Foto montagem: TV Foco)

Florinda Meza, a Dona Florinda, apesar de durante a gravação do seriado ter se envolvido com Roberto Bolaños, só se casou com o ator no ano de 2004. Ao contrário do ator, ela ainda é viva, e tem 71 anos de idade. Atualmente ela possui um canal no YouTube, onde interpreta a personagem Chimoltrúfia, uma mulher de classe média que sustenta a família.

Após o término de Chaves, ela estudou para escrever peças e novelas das quais diversas delas fizeram sucesso. Ela ainda atuou durante oito anos seguidos no teatro, com personagens diferentes , mostrando ter total versatilidade.

Dona Florinda choca com pedido nas redes sociais (Foto: Reprodução)
Florinda Meza, a Dona Florinda (Foto: Reprodução)

Carlos Villagrán, o Kiko, também ainda é vivo e ao contrário da maioria dos atores de Chaves, ele não abandonou o seu icônico personagem. Até os dias de hoje, com 74 anos, ele faz shows vestido do personagem.

+Gretchen confirma 18º casamento e revela detalhes de festão: “Comemorar”

Recentemente, inclusive, ele participou de uma produção brasileira, no ano de 2017, o Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola, que teve autoria de Danilo Gentili. No filme, Carlos Villagán interpretou o antagonista da história, diretor da escola em que a dupla de meninos protagonistas estudam. A atuação dele foi bastante elogiada, porém, o filme foi considerado um fracasso para os especialistas.

Carlos Villagrán teve um breve romance com Florinda Meza (Foto: Montagem/TV Foco)
Carlos Villagrán teve um breve romance com Florinda Meza (Foto: Montagem/TV Foco)

Maria Antonieta de Las Nieves, a Chiquinha, assim como Carlos Villagrán, também trabalhou com a personagem durante anos. Mas, ano passado, resolveu aposentar a personagem, e realizou a sua última turnê.

Bastante ativa nas redes sociais, ela participou de peças promocionais da Netflix para a série Stranger Things. Ano passado, ela sofreu com a grande perda do seu marido, Gabriel Fernandéz, que foi vítima de uma pneumonia. Eles eram casados desde 1971, ou seja, antes mesmo do início das gravações de Chaves.

Maria Antonieta de las Nieves, a Chiquinha, passa por dificuldades financeiras. (Foto: Montagem/Divulgação)
Maria Antonieta de las Nieves, a Chiquinha (Foto: Montagem/Divulgação)

Édgar Vivar, o Senhor Barriga, muitos não sabem, mas é formado em medicina. Ele abandonou a profissão, para viver de atuações, e fez sucesso em Chaves, ele foi um dos últimos a permanecer com Roberto Bolaños após o final da série, participando de outros projetos do comediante.

O ator também trabalhou em circos, participou de filmes, séries e peças de teatro. Ele emagreceu de forma expressiva após ter realizado uma cirurgia para redução do estômago. O ator, vale dizer, tem como objetivo, deixar pronto um livro para que seja comercializado após a sua morte, nele, ele fala sobre as suas memórias. Uma curiosidade é que ele foi o ator de Chaves que mais vezes visitou o Brasil, 19 vezes ao total.

Edgar Vivar, o Sr. Barriga, durante entrevista a Danilo Gentili no "The Noite" (Foto: Lourival Ribeiro/SBT)
Edgar Vivar, o Sr. Barriga (Foto: Lourival Ribeiro/SBT)

Rubén Aguirre, o Professor Girafales, após o final de Chaves, passou a defender Roberto Bolaños nas disputas judiciais em que se envolveu com alguns atores do seriado, em relação a questão da propriedade intelectual de cada personagem.

Poucos sabem, mas o ator era dono de um circo, chamado El Circo del Professor Girafales desde 1976, porém, ele parou com as apresentações no ano de 2007, após se envolver em um acidente de carro que o debilitou bastante. Após a série, ele continuou no meio artístico em programas de televisão e filmes, devido a problemas de diabetes e problemas renais, ele veio a falecer no ano de 2016.

Rubén Aguirre (Foto: Divulgação)

Ramón Valdés, o Seu Madruga, considerado o personagem mais marcante do seriado, foi um dos primeiros atores do seriado que veio a morrer, no ano de 1988. Antes disso, após ter deixado Chaves, ele continuou a fazer o seu personagem.

+Carolina Ferraz tem barraco na Record, nega maltratar estagiários e regalias, mas é detonada novamente: “Me humilhou”

Ele teve uma carreira muito ligada ao cinema, vivendo o seu auge na década de 50. O ator foi tido por Roberto Bolaños como “o único comediante que o fez chorar de rir”.

Ramón Valdés fez bastante sucesso com o personagem Seu Madruga (Foto: Reprodução)
Ramón Valdés fez bastante sucesso com o personagem Seu Madruga (Foto: Reprodução)

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Bruno Silva

Bruno Silva é paraibano e atua na área como redator desde 2013, sempre trazendo notícias aos leitores com muita responsabilidade.