Celebridades

Celebridades

Samara Felippo se enfurece com Carlos Bolsonaro por divulgar vídeo sem autorização dela com suas filhas

Carlos Bolsonaro publica vídeo de Samara Felippo com suas filhas sem autorização da atriz (Montagem/ Reprodução)
Carlos Bolsonaro publica vídeo de Samara Felippo com suas filhas sem autorização da atriz (Montagem/ Reprodução)

Samara Felippo se revolta contra Carlos Bolsonaro por uso sem autorização de vídeo dela com suas filhas menores

A atriz Samara Felippo, conhecida por ser ex-global e ter realizado muitos trabalhos nas novelas bíblicas da Record, resolveu ir até sua conta pessoal do Instagram, nesta quarta-feira, 23 de Fevereiro, e desabafar o que pensa sobre o vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente da república.

Samara Felippo acusou Carlos Bolsonaro de usar as imagens de vídeo dela e de suas filhas pequenas, Lara e Alícia, em suas redes sociais. No vídeo citado, a atriz aparece usando uma capa de chuva para dar um abraço nas meninas, que por acaso, voltaram de férias, naquela época, testadas positivas para Covid-19.

Samara Felippo usou a capa de chuva, de maneira simbólica, de que estava tentando se proteger do coronavírus. “Estava reunindo forças e tomando coragem pra fazer esse pedido uma vez que, como muitos, me sinto tão impotente”, iniciou a atriz, em seu relato e denúncia contra Carlos Bolsonaro.

+Ex-namorado de Jade Picon quer eliminação de Paulo André e assume torcida contra o atleta no BBB22

Samara Felippo em vídeo publicado em suas redes sociais fazendo a denúncia contra Carlos Bolsonaro (Reprodução/ Instagram)
Samara Felippo em vídeo publicado em suas redes sociais fazendo a denúncia contra Carlos Bolsonaro (Reprodução/ Instagram)

Samara Felippo explica o vídeo que circula sem sua autorização nas redes de Carlos Bolsonaro: “Peço a vocês que já me seguiam, que sabem sobre o que é o vídeo e o que eu estava passando na época, e aos que passaram a me seguir depois, explico rapidamente: sem ver minhas filhas há mais de 20 dias, elas voltaram das férias com Covid pra casa”, detalhou a atriz, para que não haja desentendimentos quanto ao registro.

Samara Felippo ainda pontua sobre o vídeo já ser antigo e os medos que passava naquele tempo intermediário da pandemia, sem todas as faixas etárias devidamente vacinadas contra a Covid-19. “Foi em Julho de 2021. Ainda com muitas dúvidas sobre essa doença, sem nenhuma dose da vacina, eu só queria abraçá-las e criei essa forma divertida e cheia de amor. Chorei dias seguidos nessa época”, confidenciou a atriz aos seus seguidores e fãs.

Veja também

+Turma da Mônica é transformada em série original do Globoplay e tem mesmo elenco mirim dos filmes

A atriz ainda apontou que Carlos Bolsonaro compartilhou o vídeo dela com as filhas totalmente sem qualquer tipo de autorização. “Ele acha que está tudo bem fazer isso e para mim é muito grave expor os filhos dos outros. Independentemente de ideologias, de política, de que lados estamos, isso para mim é inadmissível. E tampouco eu quero entrar em guerra, conflito, em justiça, não estou a fim”, disse a atriz, se mostrando da paz, mas não admitindo que exponham suas filhas menores.

PEDIDO AOS FÃS DA ATRIZ

Samara Felippo ainda fez um pedido importante aos seus fãs e seguidores, e claro, divulgamos aqui também para ela. A atriz solicita que o vídeo dela com as filhas seja denunciado e derrubado das redes sociais. “Desculpem pedir isso, mas foi a única forma que encontrei de derrubar o vídeo”, finalizou a atriz, em seu depoimento de indignação e impotência.

VÍDEO YOUTUBE: Luto! Anne Lottermann, do Faustão, encara a morte de perto

Quem escreve

Gustavo Melo

Apreciador da cultura pop das décadas passadas e muito antenado no mundo atual das celebridades, sou ainda um cinéfilo crítico, colecionador de filmes, livros e discos de vinil. SBTista de coração, Chespirito formou meu caráter e bom humor.

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários