Especiais

Especiais

Sandra Annenberg, um talento revelado na infância, é sucesso na TV há mais de 45 anos

Sandra Annenberg usou as redes sociais para postar uma declaração que fez para o namorado (Foto: Reprodução)
Sandra Annenberg defendeu a comunidade LGBT (Foto: Reprodução)

Jornalista iniciou os trabalhos com apenas 7 anos de idade

Sandra Annenberg, sem sombra de dúvidas é uma grande referência entre os brasileiros quando o assunto é jornalismo. A famosa apresentadora iniciou os seus trabalhos na TV quando ainda era criança. Atualmente com 53 anos, ela começou a sua carreira artística aos sete anos de idade, fazendo comerciais para a TV, ao todo foram mais de cinquenta.

Já no ano de 1982, com 14 anos de idade, ela tornou-se repórter do programa da TV Gazeta, Crig-Rá, de jovens para jovens, da produtora independente Olhar Eletrônico. O programa foi dirigido pelo hoje cineasta Fernando Meirelles, que fazia reportagens sobre sexo e entrevistava pessoas na rua com conversas pautadas na sexualidade, especialmente nas dos jovens.

Já no ano seguinte, ela teve a sua primeira experiência como apresentadora, comandou o Show do Esporte ao lado de Luciano do Valle e Juares Soares e, em 1984, comandou o TV Criança, ambos exibidos pela Band.

Na TV Cultura, ela apresentou o programa esportivo Vitória, além do programa de música clássica Grandes Concertos e dos festivais de MPB. Por volta de 1984, ela retomou a sua profissão de atriz, fazendo uma pequena participação no espetáculo Um Dia Muito Especial, ao lado de Tarcísio Meira e Glória Menezes. Ela gostou tanto que logo depois decidiu fazer a Escola de Arte Dramática na USP.

No ano de 1985, ela fez parte do elenco do programa Bronco, que era exibido ao vivo, e fez parte do mesmo durante dois anos, contracenando com nomes como Ronald Golias, Renata Fronzi e Nair Bello. Já em 1988, Sandra Annenberg fez a minissérie Chapadão do Bugre.

Veja também

Na TV Globo, ela fez a sua estreia como atriz, no seriado Tarcísio & Glória, também em 1988. Ela ainda atuou na novela Pacto de Sangue (1989) e nas minisséries República (1989) e A, E, I, O… Urca (1990).

Em seguida, ela foi pro SBT, onde atuou em Cortina de Vidro, novela escrita por Walcyr Carrasco, onde fez o papel de uma operária. Na Manchete, ela fez a novela Mandacaru.

Muitos não sabem, mas ela também já foi contratada pela Record, foi na emissora de Edir Macedo que ela trocou de vez a atuação pelo jornalismo. No canal paulista ela foi apresentadora do Sport Shopping Show, do Super Esporte e do TV Franchising, que ia ao ar aos domingos às 7h.

Após ela ter estreado no último programa citado, acabou ganhando notoriedade e chamou atenção da Globo, que fez um convite para inicialmente ela ser garota do tempo, Sandra Annenberg fez o teste e passou.

TRAJETÓRIA NA GLOBO

Em 1991, aos 23 anos de idade, ela estreou na Globo São Paulo, como garota do tempo do telejornal local São Paulo Já. Já no mês seguinte a sua estreia, ela passou a apresentar a previsão do tempo no Jornal Nacional, sendo a primeira mulher a ter um quadro fixo no telejornal e a entrar todo dia.

Dois anos depois, em 1993, ela acabou sendo promovida a apresentadora do Fantástico junto com Celso Freitas e Fátima Bernardes. Três anos depois, em 1996, Sandra pediu para deixar o dominical e se tornou apresentadora e editora-executiva do Jornal SPTV 1ª Edição.

Já em 1998, ela assumiu a bancada do Jornal Hoje, onde permaneceu até o ano de 1999, quando se tornou repórter especial do Jornal da Globo. Em 2002, após um período trabalhando como correspondente da Globo em Londres, Sandra Annenberg voltou para o Brasil, onde comandou o SPTV 1ª Edição junto com Chico Pinheiro.

Em 2003, a jornalista retornou ao comando do Jornal Hoje, onde ficou até o ano de 2019. Primeiro em seu retorno ao telejornal ela dividiu a bancada com Carlos Nascimento, que cerca de um ano depois deixou o telejornal e foi para a Band, sendo assim, substituído por Evaristo Costa.

Já em 2005, Sandra Annenberg passou a acumular a função de editora-chefe e apresentadora na parte da manhã do telejornal Globo Notícia. Ela ainda participou das coberturas das Copas do Mundo-FIFA da Alemanha-2006 e da África do Sul-2010.

Em junho de 2012, Sandra Annenberg passou a acumular o seu trabalho no Jornal Hoje com a apresentação dos programas reunidos no Globo Cidadania, Globo Ecologia, Globo Ciência, Globo Educação, Globo Universidade e Ação, substituindo o apresentador Serginho Groisman.

No ano de 2014, o programa mudou de formato e passou a englobar as edições semanais do Globo Ciências, Globo Ecologia, Globo Universidade e Globo Cidadania. Sandra continuou na apresentação do programa, que passou a se chamar Como Será? e chegou ao fim no ano passado.

Em 2019 a jornalista deixou o comando do Jornal Hoje, e atualmente divide a apresentação do Globo Repórter juntamente com Glória Maria.

Sandra Annenberg (Foto: Reprodução)
Sandra Annenberg comanda o Globo Repórter na Globo (Foto: Reprodução)

VÍDEO YOUTUBE: Juliette RESPONDE Samantha Schmütz após ser humilhada: "SOU SIM"

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários