Análises

AnálisesDestaqueEmissorasSBTTV Foco

SBT aposta em fórmula de sucesso com ‘Esse Artista Sou Eu’

Elenco do novo programa do SBT (Foto: Roberto Nemanis/ SBT)

O SBT estreou na noite da última segunda-feira (25) o programa Esse Artista Sou Eu (versão do Your Face Sounds Familiar). O programa, produzido em parceria com a Endemol, ocupa a partir de agora a faixa das 23h que pertencia ao Máquina da Fama. Patricia Abravanel deixou de gravar a atração por causa da licença-maternidade, e cedeu espaço para Marcio Ballas, antigo companheiro desde o extinto Cante Se Puder. O formato do novo programa já foi distribuído para mais de cinquenta países, e é muito semelhante ao estilo do programa de Patricia. A diferença é que, agora, um elenco formado por sete artistas conhecidos passa por um processo intenso de preparação vocal e corporal para interpretar grandes ídolos da música. A trinca de jurados tradicional na emissora retornou. Thomas Roth, Cyz Zamorano e Carlos Miranda têm a missão de julgar e distribuir os pontos semanalmente, já que não há eliminação. Ao final da temporada, o famoso que somar mais pontos leva cinquenta mil reais para casa.

Li Martins (ex-Rouge), Rosemary, Syang, Vanessa Jackson, Christian Chávez (ex-RBD), Marcelo Augusto (ex-Globo) e Léo Maia (filho do cantor Tim Maia) integram o elenco desta primeira temporada. Na estreia, ambos tiveram que se apresentar como Amy Winehouse, Hebe, Axl Rose, Whitney Houston, Ricky Martin, Sidney Magal e Seu Jorge, respectivamente. O nível apresentado, de cara, já foi bem alto e deixou o público ansioso pelas próximas performances. Um ponto intrigou muitas pessoas: a forma de seleção dos artistas a serem interpretados. Através de um botão e um GC na tela, a primeira noite estava definida. Deixou no ar algo fake, e combinado anteriormente. Os estilos musicais estavam muito compatíveis com o comum dos candidatos. No palco, a dinâmica foi parecida, mas o atraso da imagem no telão com o momento em que o botão era apertado reforçou novamente essa hipótese. Um sinal amarelo para a produção.

Os coaches Netto Soares (dançarino e coreógrafo), Blacy Gulfier (preparadora vocal e fonoaudióloga) e Marcelo Boffat (preparador de elenco) tiveram pouco espaço no vídeo, fato que não diminui a importância dos três. O cenário do programa é bem high tech e eleva o nível técnico do SBT nesse aspecto, que às vezes carece de investimentos maiores. Na apresentação, agora observa-se um Márcio Ballas mais contido em palco – pelo fato de agora comandar sozinho o programa de nível artístico mais elevado. A direção geral está a cargo de Michael Ukstin, juntamente a Eduardo Gaspar e Danilo Labb.

A audiência da estreia correspondeu às expectativas, e o programa foi vice-líder com 7 pontos de média e picos de 10 pontos em São Paulo. Nas redes sociais, muitos internautas elogiaram o conjunto da obra, e, claro, a homenagem feita para Hebe Camargo com a apresentação de Rosemary. Esse Artista Sou Eu começou bem e deve continuar a trajetória bem sucedida do Máquina da Fama. Agora a ordem é não deixar a qualidade cair. O público agradece.

Por Marcos Martins (@MarcosMartinsTV)

Veja também

🚨 Fátima Bernardes na Record + Thais Fersoza expõe farsa no BBB24 + Globo obriga Rodriguinho a se "humilhar" por Davi

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA