Celebridades

SBT e Record surfam, Globo tem cofres esvaziados, quebra de hegemonia, demissões e economia de 120 milhões

SBT, Record e Globo passam por momento difícil (Foto: Divulgação)
SBT, Record e Globo passam por momento difícil (Foto: Divulgação)

SBT, Record e Globo estão enfrentando tempos difíceis e de contenção de gastos

A situação das principais emissoras do país não é das melhores. Desde o início da pandemia, o SBT, a Record e a Globo enfrentaram sérios problemas financeiros e tiveram que pisar no freio dos gastos.

Devido a pandemia do novo Coronavírus, os programas e novelas tiveram que ser suspensos e as emissoras viram seus contratos de publicidade ficarem cada vez mais escassos.

+Martelo batido! Record define elenco da Fazenda 12, confina participantes e nomes bombásticos são divulgados

Se uma programação inédita e tendo que reprisar a maioria das atrações, o SBT, a Globo e a Record reduziram a equipe e estão ‘surfando’ para conseguir manter as coisas no lugar.

Mas, quem levou a melhor foi a Globo. Antes mesmo de iniciar a pandemia, a emissora tinha adotado uma política de cortes de gastos.

O canal platinado deixou de lado a política de longos contratos e abriu mão de vários nomes que fizeram história no canal.

É o caso de Zeca Camargo, que assinou um contrato com a Band nesta quinta- feira, 02 de julho, dois dias após finalizar seu contrato com a Globo. Ele ficou por mais de duas décadas na emissora.

+Thiaguinho, após Fernanda Souza assumir relação, confessa toda a verdade e manda recado abraçado: “todos os dias até hoje”

Além dele, o ator, autor e diretor Miguel Falabella também teve um destino parado. Após ficar quase quarenta anos no canal, foi dispensado pela emissora sem dó, mesmo sendo considerado uma das grandes mentes da casa.

Bruna Marquezine e Bruno Gagliasso se renderam a Felipe Prior - Foto: Divulgação
Bruna Marquezine e Bruno Gagliasso se renderam a Felipe Prior – Foto: Divulgação

Demissões em massa causaram pânico

Na teledramaturgia, nomes importantes também foram cortados. É o caso da atriz Bruna Marquezine. Na Globo desde a infância, a atriz não teve uma segunda chance. Sem querer assumir nenhum projeto, ela foi desligada. Se quiser voltar, deverá assinar um contrato com obra.

É o caso de Bruno Gagliasso. O galã da emissora também não teve sorte e foi demitido do canal após protagonizar a novela das nove, O Sétimo Guardião.

Com as demissões de nomes de peso no jornalismo e na teledramaturgia, a Globo tem faturado bastante. Segundo informações dadas pelo colunista Ricardo Feltrin, do UOL, a emissora deve economizar cerca de R$ 20 milhões só com os cortes no jornalismo. Com os cortes no entretenimento, a Globo vai faturar cerca de milhões de reais no ano. Nada mal para tempos de recessão!

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Raquel Souza