TV Paga

Sem dinheiro das operadoras, Simba deve investir milhões em novos canais

Artistas das três emissoras do Simba em institucional (Foto: Divulgação)

A Simba – parceria formada entre Record, SBT e RedeTV!, se prepara para investir na criação de novos canais para a TV paga. Para montar a estrutura dos tais, que devem seguir os moldes da GloboSat, as três terão que gastar milhões de reais para que isso se concretize.

+Globo investe pesado em série dramática, Segunda Chamada, que colocará o “dedo na ferida” da educação no Brasil

+Record exibe cenas fortes de sequestro de Van na novela Topíssima e coincide com tragédia da vida real

+A Dona do Pedaço – Régis declara amor para Maria da Paz que rebate e causa briga: “Tenho cara de idiota?”

De acordo com o jornalista Ricardo Feltrin, a regra estabelecida pelo Cade prevê que 20% do que o Simba receber das operadoras seja investido na criação de novos conteúdos para os canais. Aí é que está o problema: até agora as operadoras não não estão dispostas a pagar nada.

O acordo com empresas como a Net e a Claro foi claro: só pagarão pelo sinal das três emissoras caso elas invistam em pacotes de canais para a TV paga. Ou seja, a Simba investirá milhões antecipadamente em um tiro no escuro.

Donos da Simba. Foto - montagem/divulgação.
Donos da Simba. Foto – montagem/divulgação.

+ Luciana Gimenez leva puxão de orelha do filho que exige usar esmaltes

+ Flávia Alessandra abusa da sensualidade, surge em vestido super curto e grande detalhe acaba escapando

+ Anitta é diagnosticada com síndrome terrível e carreira da artista pode estar por um fio

Apresentadores de canais da Simba. Foto – montagem.
Os canais de TV aberta e as operadores de TV a cabo
As Emissoras da TV aberta que fazem parte da operadora Simba. Foto – divulgação.

Saiba tudo o que vai acontecer sobre a nova novelas das 9 da Globo, Amor de Mãe

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Fernando Lopes

Escreve sobre televisão desde 2013.