Celebridades Márcia Fernandes

Sensitiva Márcia Fernandes diz ver mortos, fala de trágicas mortes na TV e assume: “Ninguém pergunta como eu estou”

A sensitiva Marcia Fernandes (Foto: Divulgação)
A sensitiva Marcia Fernandes (Foto: Divulgação)

A sensitiva conta quando foi a primeira vez que seu dom se manifestou, rebate as críticas e detalha o que sente.

Em entrevista exclusiva ao TV Foco, a sensitiva Márcia Fernandes revelou como foi o começo de seu dom, quem foi a primeira pessoa que ela viu e com quantos anos isso começou. Ela também confessou não dar bola para as críticas, conta que vê a todo momento pessoas mortas e sempre transita entre as diferentes dimensões. Para quem não sabe, a sensitiva hoje faz parte diariamente do programa Tricotando da RedeTV, no qual também faz previsões, fala de astrologia e muito mais.

Como começou este dom? Quais foram os primeiros sinais?
Sensitiva: Esse dom começou aos cinco anos, quando eu vi a minha avó que era morta no meu quarto. Eu nasci com o dom, na verdade, e ele aflorou aos cinco anos. Eu sempre vi bastante morto, sempre conversei com eles como se fossem pessoas vivas.

A sensitiva Márcia Fernandes com Danilo Gentili no "The Noite" (Foto: Lourival Ribeiro/SBT)
A sensitiva Márcia Fernandes com Danilo Gentili no “The Noite”
(Foto: Lourival Ribeiro/SBT)

O que você sente? Pode me descrever algumas das sensações?
Sensitiva: Eu me sinto super bem, sensação de ser um ser humano cósmico e não mais um ser humano aqui apenas. Transito pra lá e pra cá, no futuro e no presente, faço viagem astral para outros planos. São sensações maravilhosas de desapego da Márcia da terra, a sensação de não ser só daqui sensação de que eu estou a Márcia e eu não sou a Márcia.

Sensitiva faz revelação bombástica sobre espíritos de Gabriel Diniz, Boechat e Carol Bittencourt: “Quinta dimensão”

+ Sensitiva revela que agressora do Padre Marcelo estava possuída por entidade maligna

Você já foi prejudicada em algum momento por ter este dom?
Sensitiva: Não, eu nunca fui prejudicada por ter esse dom. O problema é que eu não tenho tempo pra mim, eu nunca fui a uma festa aonde que eu não fosse pra um cantinho usar minha clarividência, então, talvez eu seja prejudicada no meu tempo. As pessoas todas se achegam, amigos, “ai quero um minuto com você” e ninguém quer saber como eu estou, isso acontece direto.

Alguém já tentou te ameaçar? Algum famoso?
Sensitiva: Não, ninguém nunca tentou me ameaçar porque na verdade eu tenho um pouco de traquejo pra não chegar, nunca, nenhum famoso, nada, graças a Deus.

Você já evitou a morte ou acidente trágico de alguém? Ou teve alguma previsão?
Sensitiva: Infelizmente, de quem não, necessariamente. Mas, o do Ricardo Boechat do Ricardo Amorim, eu havia dito que iriam dois apresentadores. Com o Boechat, inclusive, eu disse que era naquela semana, mas eu não sabia que era o Boechat, eu sabia um.
Ai morreu o Wagner Montes e me perguntaram: ‘tem mais alguém?’, eu falei tem, já já tem mais um e aí morre o Ricardo. Então, é assim, lógico que a gente prevê, sempre e é muito ruim isso.

Como você lida com as críticas?
Sensitiva: Eu nem ligo para as críticas. Eu sou, graças a Deus, eu trabalho, assim de 99% é 1% que critica, os evangélicos especialmente, mas assim primeiro que eu não estou aqui para agradar ninguém, eu tenho a minha missão.
Eu tenho dois tipos de trabalho: o remunerado e o gratuito, que é o que eu não falo pra ninguém. O gratuito são 2 mil pessoas atendidas por mês, por passagem na corrente médica do Dr. Bezerra de Menezes e isso eu sou obrigada a fazer para o astral, isso é passe de cura. Então, nem os críticos sabem disso porque eu falo pouco a respeito, pra que? Não o que você dá com uma mão, não precisa falar com a outra. Agora, porque cobrar e não cobrar? Né, essa é a questão, os críticos falam muito disso. Bom, eu estudei anos astrologia, eu estudei anos para ser formada em Reik e em tudo que eu sou e eu vou dar o meu tempo de graça? Estranho né, só porque é de autoajuda. De graça é passe de cura, isso você é obrigado a dar e aí de você se cobrar, mas o resto, o meu tempo para ajudar uma pessoa saber o que ela tem espiritualmente com isso ou mentalmente, porque normalmente é a mente que está doente, pelo amor de Deus! As vezes isso me cansava, hoje nem me cansa mais, eu nem perco meu tempo.

A sensitiva Márcia Fernandes. (Foto: Reprodução/Youtube)
A sensitiva Márcia Fernandes. (Foto: Reprodução)

Saiba tudo o que vai acontecer sobre a nova novelas das 9 da Globo, Amor de Mãe.

TV Foco no Youtube

Sobre o autor

Thainá Rambaldo

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, trabalho na área há cinco anos e tenho experiência em TV, rádio, agência de publicidade, redação, atendimento, assessoria de imprensa, planejamento de mídias digitais, apresentação, edição de vídeo e imagem.

No TV Foco escrevo sobre TV e Famosos, faço críticas e o balanço do dia das audiências prévias da televisão.