TV Foco

Será que no dia de Santa Clara a padroeira da televisão brasileira tem do que se orgulhar?

Hoje, 11 de agosto, é dia de Santa Clara, a padroeira da televisão brasileira, que no próximo mês completa 60 anos de atividades. Segundo especialistas, desde que passou a ser transmitida via satélite, a TV é o veículo de comunicação responsável pela unificação da cultura do país e a principal fonte de informação para muitas famílias. Mas será que Santa Clara tem do que se orgulhar diante de uma programação cada vez mais popularesca? A televisão da atualidade está muito distante daquela que produziu grandes programas, popularizou artistas, difundiu estilos musicais e mudou comportamentos. Cheia de tecnologia, atualmente a televisão produz conteúdo com imagem em alta definição, belas fotografias e uma linguagem cada vez mais dinâmica. O que vale é a imagem bonita, de impacto e que prenda o telespectador. A qualidade do texto, a profundidade da informação e a discussão de temas fundamentais para a sociedade ficam em segundo plano. Hoje o que vale é faturar, multiplicar a audiência e atingir o público da mesma maneira que a bala cruza o espaço entre o revólver que aparece no noticiário e a vítima assassinada transformada em estrela do momento.
É claro que ainda surgem boas opções na televisão, mas numa quantidade cada vez menor. Infelizmente, 60 anos depois de sua fundação, a TV já não dá tanto orgulho para a padroeira Santa Clara.

José Armando Vanucci
Parabólica JP

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco