Globo

GloboNotíciasNovelas

Silvio de Abreu revela planos de novo remake de novela sua: “Uma história sempre atual”

Silvio de Abreu. (Foto: Reprodução).
Novela “Éramos Seis” (1994). Foto – divulgação/SBT.

Hoje diretor de teledramaturgia diária da Globo, Silvio de Abreu revelou ao programa Os Donos da História, do Viva, que vai ao ar no próximo domingo, planos para um novo remake de uma trama sua que fez muito sucesso.

+Paolla Oliveira, de Vivi Guedes, surge com look transparente e deixa bumbum à mostra na academia

+A Dona do Pedaço: após nova morte, Maria da Paz ganha inimigo surpreendente

+Marco Luque, afastado do Altas Horas, escancara tudo e mostra verdade de sua contratação pela Globo

Trata-se de Éramos Seis, exibida em 1977 na Tupi e em 1994 no SBT. Hoje em dia, os direitos da trama são da Globo, pois Silvio os vendeu ao canal em 2010.

Veja também

“Acho que é uma história sempre atual”, disse Silvio ao programa do Viva. E comemorou: “Vendemos a novela para o SBT, ela foi refeita e deu o mesmo resultado de audiência – os mesmos 25 pontos em 1977, também deu em 1995″.

Vale dizer que o próprio Silvio fez o remake de Guerra dos Sexos em 2012 e delegou Daniel Ortiz, seu ex-colaborador, a função de fazer o ramake de Sassaricando (1987), que se chamou Haja Coração, exibida no ano passado.

A novela “Éramos Seis” é baseada no romance de Maria José Dupré. No SBT, ela foi protagonizada por Irene Ravache e Othon Bastos. Na Tupi, os protagonistas foram Nicette Bruno e Gianfrancesco Guarnieri.

Silvio de Abreu. Foto - reprodução.
Silvio de Abreu. Foto – reprodução.

+ Após decisão inédita da Globo de tirar William Bonner do JN, apresentador já tem ‘novo’ emprego

+ Maju tira Sandra Annenberg do Jornal Hoje, produção fica irritada e falatório no bastidor é um só

+ Famoso ator da Globo sofre com desemprego e se vê obrigado a dar aula para poder comer

VÍDEO YOUTUBE: Maira Cardi DESMASCARA PA + SBT lança NOVO PÂNICO

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários