ighome Silvio Santos

Silvio Santos escreve carta cruel em casa e chora com relato: “Vai se apagando vagarosamente”

Silvio Santos teve carta divulgada (Foto divulgação)
Silvio Santos teve carta divulgada (Foto divulgação)

O apresentador Silvio Santos teve um depoimento publicado em um livro recente no qual falou sobre um dos episódios mais marcantes de sua vida

Silvio Santos é um dos nomes mais importantes da nossa TV ainda em atividade, mas é fato que o ano de 2020 para ele ficará para sempre como a primeira vez em toda sua carreira como artista, no qual ele ficou completamente parado, sem comandar seus programas de auditório e totalmente isolado em casa.

+Ana Paula Araújo para o Brasil com notícia ao vivo em jornal da Globo e despeja sem piedade: “Pavor”

+Luciano Szafir vira procurado da Justiça, vai à falência e Xuxa é obrigada a intervir

+Jair Bolsonaro anuncia proibição e William Bonner dá recado ao vivo no JN: “Cabe a você”

Hoje, aos 89 anos de idade, Silvio Santos está completamente isolado em casa por conta da pandemia do coronavírus. O apresentador não é visto há meses fora de casa e de dentro de sua residência segue tomando decisões sobre o SBT e sobre seus negócios.

Mas é fato, que dentro de casa, Silvio Santos, que também é gente como a gente, também tem parecido ficar um pouco mais vulnerável emocionalmente. Desta vez, começou a circular uma de carta do apresentador feita durante a pandemia, no qual ele relata sobre um dos episódios mais marcantes de sua vida: “a corrida presidencial”.

Isso mesmo, o depoimento escrito pelo próprio apresentador para o livro Sonho Sequestrado, escrito por Marcondes Gadelha foi feito no dia 31 de julho de 2020 e mostra um trecho bem impactante do animador do SBT:

Como muitos de meus órgãos, incluindo o óbvio, que não funciona há muito tempo, minha memória a cada dia que passa vai se apagando vagarosamente. Este seu livro me lembra de acontecimentos que eu já tinha esquecido e me deixa emocionado a cada página que leio“, escreveu, Silvio Santos, que foi além no depoimento:

“Considero que estava qualificado para exercer a Presidência da República e tenho certeza de que a equipe que eu escolheria, no mínimo, melhoraria as condições das pessoas mais necessitadas deste país”, escreve Silvio a Marcondes Gadelha, que ainda seguiu:

“Hoje, com 90 anos, me pergunto se teria sido bom para mim, para a minha família, para a minha televisão e para as pessoas que gostam de mim ter colocado a faixa verde e amarela que estampa a capa deste excelente livro. Sei, porém, que teria sido bom para a causa. E isso me basta. O desafio, então, estava aceito em qualquer circunstância”, conclui o dono do SBT.

O DESFECHO DA CANDIDATURA

Vale dizer que na época, Silvio Santos estava em primeiro lugar nas pesquisas para se tornar presidente. No entanto, irregularidades no partido do qual ele estava saindo candidato fizeram com que a chapa fosse derrubada e que o apresentador nunca mais quisesse se aventurar na política.

Veja mais em: https://natelinha.uol.com.br/famosos/2020/10/20/silvio-santos-chora-ao-lembrar-candidatura-estava-qualificado-para-ser-presidente-152836.php
Veja mais em: https://natelinha.uol.com.br/famosos/2020/10/20/silvio-santos-chora-ao-lembrar-candidatura-estava-qualificado-para-ser-presidente-152836.php

 

Ver essa foto no Instagram

 

Sempre quis conhecer mais desta história. Acabei de receber o livro e pela Palavra Inicial já me apaixonei. Obrigada Paulo Tadeu por me enviar. Adorei!

Uma publicação compartilhada por Daniela Beyruti (@danielabeyruti) em

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Aaron Tura

Aaron Tura é um jornalista, paulista que ama o mundo da televisão e seus afins. Ligado nas novidades da telinha, fundou o TV FOCO em 2006 com o propósito de trocar opiniões e informações!