Simone e Simaria

Simone e Simaria contam a origem do “chora não coleguinha” e também sobre fase difícil na carreira: “passando quase fome”

A dupla Simone e Simaria no Lady Night, da Globo com Tatá Werneck (imagem; Reprodução/ TV Globo)
A dupla Simone e Simaria no Lady Night, da Globo com Tatá Werneck (imagem; Reprodução/ TV Globo)

Foi ao ar na noite de ontem, o reprise de uma das entrevistas mais divertidas que Tatá Werneck fez em seu programa, o bate papo com as “coleguinhas” Simone e Simaria.

+Câncer separa de vez Maria da Paz de Amadeu em A Dona do Pedaço, Jamil ouve declaração de Dalila em Órfãos da Terra; tudo sobre sua novela favorita

+Avó de Sasha Meneghel e família de sertanejos protagonizam barracos e lavação de roupa suja que deixa o público eufórico

+Com fama de pegador, Chris Evans toma importante decisão e faz grande anúncio

No Lady Night, as “coleguinhas” revelaram entre outras coisas como surgiu o bordão que caiu nas graças do povo, o famosos “Chora não coleguinha”: “Nossa mãe. Ela trata as amigas como colega aos invés de amiga(…) “Lá no Nordeste, as pessoas têm mania de gravar os shows. Um dia estava muito cansada e a Simaria disse: ‘Vai, coleguinha! Vai, coleguinha!’. E aí saiu no CD e pronto”, disse Simone e Simaria para Tatá.

Simone ainda revelou que começou a cantar quando viu Simaria soltar a voz. No começo muitas pessoas diziam que Simone na verdade atrapalhava Simaria. O grande incentivador da dupla foi o pai delas, Antônio, revelam: “Ele (o pai) colocava os dois ‘sabiazinhos’ lá e: ‘vai, canta (…) O Senhor Antonio já era um cara visionário Inteligente! disse Simária.

Para quem não lembra Simone e Simaria começaram a carreira fazendo shows como back vocal de Frank Aguiar. As duas passaram muitos anos trabalhando ao lado do cantor de forró, em outra entrevista disseram que conquistaram o primeiro apartamento graças ao trabalho ao lado do cantor: “A gente tem que agradecer a oportunidade. Não significa que cantar com o Frank Aguiar trouxe o sucesso, mas hoje, eu entendo que isso foi muito importante.”

Simone e Simaria ainda revelaram que após saírem da banda de Frank Aguiar, passaram dois anos de muito perrengue, com contas atrasadas e até fome: “Foram dois anos de perrengue e passando quase fome. Estávamos em um momento difícil, telefone cortado, condomínio atrasado e fui atrás de um amigo, Fernando Gusmão, e disse que precisava cantar”, revelou Simone.

“Tinha um cara, sócio, que nos conhecia da época do Frank Aguiar e falou: ‘Só prestam as duas juntas'( Simone e Simaria). Daí foram buscar a Simaria. Conseguimos um lugar fixo e todo mundo perguntava: ‘Tem CD? Tem CD? Tem CD?’. E aí gravamos o CD e foi um sucesso”, continuou Simone, que completou 35 anos recentemente com um grande show na Disney.

A dupla Simone e Simaria no Lady Night, da Globo com Tatá Werneck (imagem; Reprodução/ TV Globo)
A dupla Simone e Simaria no Lady Night, da Globo com Tatá Werneck (imagem; Reprodução/ TV Globo)

 

Ver essa foto no Instagram

 

E hoje tem @simoneesimaria no #Ladynight na globo as 23:09, logo após Sob Pressão 😍❤️❤️🌹🙏

Uma publicação compartilhada por Tata Werneck (@tatawerneck) em

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA

ASSISTA!

;