Celebridades

Celebridades

Sofia Liberato, filha de Gugu, após ter vídeo vazado, entra na Justiça e conta: “Assunto sério”

Sofia Liberato falou sobre vídeo vazado na imprensa (Foto: Reprodução)
Sofia Liberato falou sobre vídeo vazado na imprensa (Foto: Reprodução)

Filha de Gugu falou sobre vazamento de vídeo na imprensa

A filha do falecido apresentador Gugu Liberato, Sofia Liberato, usou as suas redes sociais para falar sobre o seu vídeo ao lado da irmã Marina que foi vazado na imprensa. Na oportunidade, ela falou que a sua reclamação sobre não ter ganhado um Porsche não foi um fato isolado e disse que a gravação não deveria ter vindo à público, pois corre em segredo de Justiça.

Ela, então, aproveitou para dizer que os seus advogados já estão tomando as providências necessárias na Justiça quanto em relação ao vazamento do vídeo. “Se trata de um assunto muito mais sério”, falou ela.

De acordo com a equipe de Sofia Liberato, o vídeo não foi feito durante nenhuma entrevista, era um anexo dentro de um processo que corre na Justiça: “Só era para ser visto pelos olhos da Justiça. Eu e minha irmã, a gente não deu e não daremos nenhuma entrevista para ninguém”, desabafou a jovem.

CHAMADA DE FÚTIL

Ela ainda fez questão de se defender dos julgamentos de futilidade por reclamar de não ter um Porsche enquanto tem muita gente passando fome no Brasil. “Para todas as pessoas que estão me criticando, eu sugiro assistirem ao vídeo inteiro para vocês entenderem o contexto”, continuou ela.

“Vocês vão ver que, na verdade, não se trata de uma compra de um carro. Se trata de um assunto muito mais importante por trás disso”, ressaltou Sofia Liberato. “Esse vídeo foi vazado sem o nosso consentimento”, declarou ela. “Nossos advogados estão tomando todas as medidas possíveis para resolver isso”, concluiu a jovem.

Veja também

Assista ao vídeo a seguir!

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários