Celebridades

Celebridades

“Eu assumi desde os 8 anos”, Solimões, da dupla com Rionegro, detona sobre ser gay e expõe verdade

Rionegro & Solimões
Rionegro & Solimões (Reprodução)

De acordo com cantor, ele descobriu que seu filho é gay aos 8 anos

Solimões tornou-se um dos maiores sertanejos devido a dupla com Rionegro. No entanto, não é apenas em sua carreira que ele chama a atenção. Acontece que ele faz questão de expôr a importância da desconstrução do preconceito.

Isso porque, o cantor apoia o “queernejo”, o movimento musical LGBTQIA+ no sertanejo, ao lado do filho, Gabriel. 

Desse modo, durante uma entrevista para André Piunti, no YouTube, o famoso falou sobre o movimento e expôs como descobriu que seu filho é gay.

Tudo começou quando o entrevistado parabenizou o cantor por apoiar o herdeiro no movimento, uma vez que o público tem a visão de que os sertanejos mais velhos possuem a cabeça fechada para tais assuntos.

“Na realidade ele é meu filho, eu não trato ele diferente de ninguém”, começou Solimões.

Veja também

Na sequência, o famoso contou que descobriu que Gabriel era homossexual cedo: Eu assumi desde os 8, assumi pra ele que ele é gay desde que ele tinha 8 anos. Ele é gay mesmo e não adianta, então pra que eu vou querer mudar? “. 

CRIANÇA E GOSTOS

De acordo com o cantor, o herdeiro gostava de brincar com bonecas e no começou não aceitou tão bem.

“Eu chegava pesado e falava: ‘Isso é brinquedo de mulher’. Ele brincava de carrinho com a boneca de baixo do braço, eu achava que eu tinha que ter alguma influencia pra não deixar”, começou Solimões.

Sincero, o cantor confessou que isso é da cultura de antes. “Veio de trás, ai percebi que tinha que ver como tocava”, afirmou ele.

Além disso, o sertanejo confessou que Gabriel não gostava de ir para escola: “Teve uns 8 anos, deu trabalho na escola, eu levava e trazia de volta. Aí quando ele não quis fazer educação física eu vi que tinha algo incomodando ele”. 

CANTOR FALA SOBRE ASSUMIR

Na sequência, o cantor expôs que jogou a responsabilidade para o seu herdeiro e acabou dando certo.

“Eu disse pra ele: ‘Você não vai para escola, não precisa estudar. Só que daqui uns 5 ou 6 anos, se você tiver coragem de colocar a cara na rua, você vai ter vergonha. Ele voltou pra escola e nunca mais chorou”, confessou Solimões.

Para finalizar, o cantor contou como recebeu a notícia de que Gabriel é gay e refletiu sobre a importância de acabar com o preconceito.

“Quando ele cresceu, ele veio conversar comigo, eu disse que eu ja tinha assumido pra ele, só não pra sociedade. é normal pra mim. Nós temos que respeitar”, disse o sertanejo.

VÍDEO YOUTUBE: Faustão é cortado na Band e produção tem demissão em massa

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários