Celebridades

CelebridadesGlobo

Stênio Garcia é demitido da Globo após 47 anos na emissora, perde dinheiro e pragueja: “Vai pagar caro”

Stênio Garcia (Foto: Divulgação)
Stênio Garcia foi demitido da Globo (Foto: Divulgação)

STÊNIO GARCIA ESTÁ SEM TRABALHAR DESDE 2018, PERDE DINHEIRO EM INVESTIMENTO E FICA SEM VONTADE DE VIVER

O ator veterano Stênio Garcia foi demitido da TV Globo em 30 de março de 2020. O ator entrou na onda de cortes da emissora carioca, perdendo seu contrato fixo de 47 anos com a Plim-Plim. Obviamente o veterano ficou ‘sem chão’ após ser mandado embora da emissora e relatou, nas redes sociais, que precisava trabalhar para se sentir vivo. 

De acordo com a esposa do ator veterano, Marilene Saade, em entrevista ao jornal O Dia, o motivo do corte de Stênio Garcia foram as desavenças com o autor Silvio de Abreu, que comandava a dramaturgia da TV Globo. “O Silvio destruiu meu marido e será destruído por Deus. Ele é rico, não precisa trabalhar. A gente precisa. Mas confio na justiça divina, e ele vai pagar caro”, disparou a esposa defensora.

O ator Stênio Garcia, que tem atualmente 89 anos, tem uma promessa de papel na próxima novela de Glória Perez, mas com a chegada da pandemia causada pelo novo coronavírus as coisas ficaram complicadas, e até o momento, o ator não está trabalhando.

+Globo sofre derrotas na briga pela audiência que humilham a emissora carioca e se tornam rotina

Marilene Saad e Stênio Garcia (Foto: Divulgação
Marilene Saad e Stênio Garcia (Foto: Divulgação

Stênio Garcia ainda revelou que perdeu R$ 159 mil com a construtora SPE CHL XCII Incorporações, do Rio de Janeiro. Ele comprou três salas em um empreendimento imobiliário, mas até o momento, não recebeu os imóveis e nem o retorno do dinheiro empregado no investimento.

Stênio Garcia revelou com exclusividade ao site Notícias da TV, que não tem mais dinheiro. “Não tenho mais o que investir. Tudo o que eu tinha foi aí [no empreendimento]. Era o único dinheiro que eu tinha”, disse ele, bastante chateado com a situação e má fase na sua vida. Contudo, Stênio Garcia e sua esposa negaram em agosto de 2020 que estavam vivendo em situação de ‘extrema pobreza’, conforme veiculado na mídia.

CARREIRA BRILHANTE

Stênio Garcia nasceu em 28 de abril de 1932, em Mimoso do Sul, Espírito Santo. Formou-se no Conservatório Nacional de Teatro, no Rio de Janeiro (RJ) em 1958 e ganhou uma bolsa de estágio no Teatro Cacilda Becker (TCB).

Após alguns anos no teatro e uma aparição em um episódio da série “O Vigilante Rodoviário”, o ator Stênio Garcia estreou nas novelas em “As Minas de Prata” (1966), da TV Excelsior. Nessa emissora, ainda fez outras tramas, como “A Muralha” (1968) e “Os Estranhos” (1969). Logo após estrelou duas tramas na TV Tupi e estreou na Globo em “Cavalo de Aço” (1973), emendando diversas tramas na sequência.

+Arrancada do The Voice e sem contrato, Claudia Leitte trai a Globo após anos e vai para a Band junto com Faustão

Veja também

Um dos grandes sucessos de Stênio Garcia foi em 1979, no seriado “Carga Pesada“, ao lado de Antônio Fagundes, onde viveram a dupla Pedro e Bino. O seriado ganhou uma sobrevida entre 2003 e 2007, na TV Globo.

Outros importantes papéis de Stênio Garcia foram em “Padre Cícero” (1984), “Selva de Pedra” (1986), “Que Rei Sou Eu?” (1989), “Meu Bem, Meu Mal” (1990), “O Dono do Mundo” (1991) e “O Rei do Gado” (1996). Não podemos esquecer o Tio Ali em “O Clone” (2001). Seu último trabalho na TV Globo foi em “Malhação: Pro Dia Nascer Feliz” (2016), além de uma pequena participação especial em “Deus Salve o Rei” (2018), tendo seu contrato recindido em 2020 na emissora carioca.

VÍDEO YOUTUBE: ⚠️ Simaria PROIBE Simone em sua casa e cantora reage

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários