Colunas Foco na TV

Suposto romance, brigas e acusações: como Xuxa e Marlene Mattos foram de uma parceria de sucesso à separação conturbada

Marlene Mattos e Xuxa formaram uma parceria de mais de 15 anos. (Foto: Montagem/Reprodução)
Marlene Mattos e Xuxa formaram uma parceria de mais de 15 anos. (Foto: Montagem/Reprodução)

Xuxa e Marlene Mattos formaram uma das dobradinhas mais produtivas da TV e construíram uma relação íntima, mas a parceria chegou ao fim de forma conturbada

Ainda hoje, Xuxa é considerada uma das mais famosas e prestigiadas figuras públicas do Brasil, tendo construído uma carreira de grande sucesso, percorrendo áreas como a TV, a música e o cinema, e com direito a fama internacional. Mas como em toda carreira relevante e duradora, houve aqueles momentos polêmicos e conturbados.

+ Cadeirudo, serial killer e o mascarado: as revelações mais chocantes da história das novelas

+ Em 1999, Gorete Milagres, a Filó, fura com a Globo, é bancada por Silvio Santos e causa intrigas no SBT: “Prepotente”

E é curioso perceber que algumas das principais polêmicas da estrela, que atualmente é contratada da Record, estiveram ligadas justamente a uma das maiores responsáveis pelo seu sucesso: Marlene Mattos.

NASCE UMA ESTRELA

Marlene e Xuxa se conheceram por volta de 1983. Na época, Marlene trabalhava na extinta TV Manchete, enquanto que Xuxa era uma modelo em grande ascensão, tendo sua carreira impulsionada pelo namoro com o craque Pelé, algo que lhe rendeu, aliás, um contrato com a Ford Models, uma das principais agências de modelos dos Estados Unidos.

Com toda essa visibilidade, aos 20 anos, Xuxa recebeu um convite da Manchete para apresentar um novo programa infantil, o Clube da Criança. A loira tinha de se desdobrar entre o seu trabalho de modelo nos Estados Unidos e o comando da atração, aos fins de semana. A agência de modelos, no entanto, deu um ultimato, e exigiu que Xuxa escolhesse apenas uma das funções. Em uma decisão que se mostraria bastante acertada, ela optou por se dedicar apenas ao trabalho na TV.

+ O caso da atriz que escandalizou os conservadores, foi expulsa da Globo e acabou morta em tragédia

O sucesso de Xuxa à frente do Clube da Criança logo despertou o interesse da Globo, que adquiriu o seu passe e a colocou à frente do Xou da Xuxa, em 1986, e que um ano depois, passou a ser dirigido definitivamente por Marlene Mattos.

Com uma estrutura bem maior na Globo, Xuxa explodiu de vez, fazendo com que o programa se transformasse em um fenômeno entre o público infantil, assim como a própria apresentadora, que surpreendia com o grande entrosamento com as crianças, além de lançar músicas que se tornavam hits. Não à toa, ela logo ganhou o título de “Rainha dos baixinhos”, e fez com que o Xou da Xuxa marcasse toda uma geração.

Xuxa ao lado de Marlene nos bastidores de programa. (Foto: Reprodução)
Xuxa ao lado de Marlene nos bastidores de programa. (Foto: Reprodução)

PULSO FIRME

É claro que muito do sucesso do Xou da Xuxa também era mérito da mente de Marlene Mattos, uma das grandes responsáveis pelas decisões criativas do programa matinal. Ao mesmo tempo, a diretora chamava a atenção nos bastidores pelo seu excesso de rigor.

Membros da equipe, principalmente as Paquitas, as famosas assistentes de palco do programa, relatavam que Marlene chegava a interferir na vida pessoal de cada uma e da própria Xuxa, montando uma espécie de dieta rigorosa, para que as garotas não engordassem, e até impedindo que elas namorassem, a fim de não perder o foco no trabalho.

+ Multa astronômica e ataque a Silvio Santos: a polêmica transferência de Ratinho da Record para o SBT

Em 2015, em entrevista ao programa Melhor Pra Você, a ex-Paquita Cátia Paganote, por exemplo, revelou que Marlene chegava a fazer uma “inspeção”, pedindo para que as assistentes, algumas com apenas dez anos de idade, segundo Cátia, ficassem apenas de calcinha para que a diretora pudesse conferir se não estavam acima do peso.

Andréia Sorvetão foi outra ex-Paquita que revelou o estilo rigoroso de Marlene Mattos. Em 2015, durante A Fazenda, ela confessou a outros participantes que era bastante difícil a convivência com a diretora: “Se você fizesse algo de errado, a primeira coisa que ela fazia era pressão psicológica. A verdade foi essa. Tipo, dizia: ‘está pensando que você é o quê? Vou te substituir, hein? Você acha que é insubstituível?’”.

Marlene Mattos teria tido um caso amoroso com Xuxa. (Foto: Reprodução)
Marlene Mattos teria tido um caso amoroso com Xuxa. (Foto: Reprodução)

ROMANCE?

Mesmo com seu gênio forte, Marlene se tornou uma espécie de segunda mãe para Xuxa, assumindo também a função de empresária da estrela. Mais do que isso: quando Xuxa terminou seu romance com Pelé e passou um período sem assumir um novo relacionamento, começaram a surgir rumores de que as duas estariam tendo um caso às escondidas.

A ideia de que esse romance entre Marlene e Xuxa realmente teria ocorrido, ganhou força em 2009, quando a diretora, em entrevista à revista Quem, sugeriu que a relação estritamente próxima com a apresentadora, resultou em algo a mais.

+ De professor a motorista de Uber: os famosos que largaram a fama e mudaram completamente de vida

“A Xuxa foi a pessoa que eu mais amei na minha vida, depois de minha avó. Eu estava à disposição dela, 24 horas, por amizade. Se as pessoas não se permitem ser amigas de verdade, eu lamento muito. Tive uma relação de amor com Xuxa, eu não tive uma relação sexual”, disse.

Porém, no ano passado, em entrevista à revista Caras da Argentina, Xuxa resolveu quebrar o silêncio, e negou que tenha tido uma relação amorosa com a sua ex-empresária, alegando que o fato de ter ficado um bom tempo sem assumir um novo namorado, era mesmo por restrições profissionais impostas por Marlene.

“Eu acho que essas coisas foram ditas por que naquela época, nos anos 90, eu não estava com nenhum homem. E se eu não estava com nenhum homem era porque Marlene não me deixava”, contou. “A única coisa que a Marlene queria é que eu focasse 100% no meu trabalho. Se eu tivesse me apaixonado por Marlene ou outra mulher, eu teria dito, porque teria me expressado através do meu corpo, meu rosto, meus olhos”, completou.

Xou da Xuxa foi um fenômeno na Globo. (Foto: Reprodução)
Xou da Xuxa foi um fenômeno na Globo. (Foto: Reprodução)

O AUGE

O sucesso de Xuxa à frente do seu programa na Globo atravessou horizontes. Além do êxito com seus produtos licenciados, músicas — com direito a discos de ouro, platina e diamante — , e o fenômeno no cinema, estrelando filmes que atingiam milhões de pessoas, a loira chegou a comandar, simultaneamente, um programa na Argentina (El Show de Xuxa), em 1991, e outro na Espanha (Xuxa Park), em 1992. Nessa época, Xuxa também fazia história ao ser a primeira brasileira a aparecer na lista da revista Forbes como uma das 40 celebridades mais ricas do planeta.

Até que em dezembro de 1992, o Xou da Xuxa chegou ao fim na Globo, com a exibição exata de 2 mil episódios. Mas a apresentadora não ficou muito tempo fora do ar. No ano seguinte, ela estreou à frente do Xuxa, programa dominical da Globo, que era mais voltado para a família, mas também sob direção de Marlene. A atração durou poucos meses no ar na emissora carioca, mas acabou ganhando uma versão norte-americana comandada pela própria Xuxa.

+ Briga com faca, ciúmes e rebeldia: os maiores barracos que provocaram expulsões de atores das novelas

A essa altura, a carga de trabalho e o nível de exigência era tamanho, que a apresentadora chegou a ter problemas na coluna e até um desmaio por esgotamento físico pouco antes de entrar no ar para uma entrevista em um programa americano, algo que a obrigou a tirar um descanso maior da telinha.

Em 1994, Xuxa voltou ao ar na Globo no comando de um nova atração, o Xuxa Park (mesmo título do programa que comandou na Espanha, dois anos antes), que voltava a ter as crianças como público-alvo, e novamente com direção de Marlene.

Já em 1997, Xuxa passou a investir no comando do Planeta Xuxa, que inicialmente ia ao ar aos sábados, mas era mais voltado ao público adolescente. Porém, a grande novidade daquele ano, para euforia total dos fãs e da imprensa, foi o anúncio de que a apresentadora estava grávida da sua primeira filha, Sasha, fruto do relacionamento com o ator Luciano Szafir, e naquela que se tornaria uma das gestações mais midiáticas da história, com direito a cobertura ao vivo do nascimento da criança, noticiado com destaque no Jornal Nacional e em outros programas concorrentes da Globo. E uma das provas do relacionamento estreito entre Xuxa e Marlene Mattos naquela época, foi o fato da apresentadora ter convidado a empresária a se tornar madrinha de batismo de Sasha.

Incêndio que atingiu programa. (Foto: Reprodução)
Incêndio que atingiu programa. (Foto: Reprodução)

A SEPARAÇÃO

Tudo seguia às mil maravilhas, quando, em janeiro de 2001, um trágico incêndio durante as gravações do Xuxa Park fez com que o programa fosse cancelado pela Globo. Mesmo com o fato do incêndio não ter deixado vítimas, Xuxa desenvolveu um quadro de estresse pós-traumático e só retornou aos estúdios da Globo após três meses, e para apresentar a última temporada do Planeta Xuxa.

Foi a partir daí que a relação entre a apresentadora e Marlene teria azedado, a começar pelas divergências artísticas. Isso porque, a diretora defendia que o novo programa de Xuxa na Globo fosse voltado mais para o público adulto, em uma transformação que começou com o Planeta Xuxa. A loira, no entanto, batia o pé, e insistia em uma atração para o público infantil, que lhe alçou ao sucesso, e que ainda lhe rendia frutos, principalmente com o êxito do projeto Xuxa Só Para Baixinhos, com CDs e DVDs gravados pela estrela para as crianças.

Assim, em junho de 2002, veio o anúncio oficial de que Xuxa e Marlene romperam definitivamente a parceria de sucesso, que durou mais de 15 anos. As alegações oficiais eram justamente divergências artísticas e empresarias em relação à carreira e a nova atração da apresentadora, que foi lançada meses depois na Globo: Xuxa no Mundo da Imaginação.

+ Bruxaria, caos nos bastidores e final bizarro: a história por trás de Brida, última novela da TV Manchete

Porém, em 2015, em sua primeira entrevista oficial como contratada da Record, Xuxa revelou para Rodrigo Faro que o motivo do seu rompimento com a diretora foi mais profundo, e afirmou que já estava cansada de ser “controlada” pela colega. “Sempre tinha alguém atrás de mim, que falava por mim. Ela escolhia a roupa que eu ia usar, dizia o que eu deveria falar… Decidi me libertar e, na época, avisei: ‘A Barbie agora fala'”, disparou.

No ano passado, ainda em entrevista à revista Caras da Argentina, Xuxa foi mais contundente em relação à separação com Marlene, e levantou a hipótese de que a ex-empresária poderia até mesmo ter lhe roubado. A apresentadora disse que desconfiava da gestão do seu dinheiro, que era feita pela sua equipe, que no caso, era comandada pela própria Marlene, afirmando que nunca soube quanto realmente lucrou com os programas que comandou, tanto no Brasil como no exterior, e que por isso, se sentiu “usada e abusada”.

+ Os Dez Mandamentos, Prova de Amor ou outra? Saiba qual é a melhor novela da história da Record

Diante da repercussão, Marlene veio a público para se defender, pedindo para que Xuxa provasse que ela poderia ter lhe roubado algo, e até ameaçou processar a antiga companheira pelas declarações. “Eu não pegava em dinheiro, eu assinava contratos e cheques e, às vezes, dependendo do valor, ela assinava junto”, disse a ex-diretora em entrevista à revista Veja. “Xuxa que prove que eu a roubei. Sempre fui discreta e vou continuar sendo. Não quero fazer desse momento um evento”, completou.

Marlene, que hoje segue afastada da TV, trabalhando apenas como assessora de artistas e políticos, além de gerenciar um hotel fazenda em Sergipe, comentou a afirmação de Xuxa sobre se sentir “abusada”, e admitiu que passava do ponto na forma como tratava a apresentadora: “Olha, se for no sentido disciplinar, eu até admito que, por vezes, fui exagerada. É que eu sempre quis que ela fosse a melhor de todas. Agora, se for em outro sentido, digo que sempre lembrava da minha avó que falava: ‘Onde se come o pão, não se come a carne’. E, para mim, o que minha avó dizia era lei!”.

A diretora também afirmou que não reconhece Xuxa em seus trabalhos atuais, revelando que na época do rompimento, “não havia mais alegria para realizarem um bom trabalho juntas”, mas ainda celebra o que conquistaram no passado: “Fizemos muitas coisas juntas, nunca ninguém vai poder dizer que eu disse que fiz sozinha. Sempre disse que foi um ‘encontro marcado da fome com a vontade de comer’”.

Marlene comandou vários programas na Globo. (Foto: Reprodução)
Marlene comandou vários programas na Globo. (Foto: Reprodução)

TV Foco no Youtube

Amor de Mãe

ANÚNCIO

Conheça nosso Podcast

ANÚNCIO

site statistics