Internacional Música

Taylor Swift detona Donald Trump e clama por aprovação de lei polêmica

A cantora Taylor Swift está lutando pelos direitos iguais da sociedade LGBTQ (Foto: Reprodução)
A cantora Taylor Swift está lutando pelos direitos iguais da sociedade LGBTQ (Foto: Reprodução)

A cantora Taylor Swift mostrou sua preocupação com a sociedade LGBTQ. No dia (1), a cantora usou o arco-íris, símbolo do movimento, em todas as suas redes sociais. Taylor Swift usou várias imagens de arco-íris como forma de filtro e imagens de perfil, além de escrever uma carta aberta pedindo a aprovação da lei que permite no papel a igualdade de direitos e outras garantias.

+Sheila Mello é internada as pressas em São Paulo e grave doença é revelada: “gangrena

+Repórter da Record quebra o silêncio e fala a verdade sobre supostos casos de assédio de Gérson de Souza

+Confusão e barraco? Paolla Oliveira se esbarra em festa com o ex Joaquim Lopes, climão toma conta e ele tem atitude surpreendente

“FELIZ MÊS DO ORGULHO LGBT. Enquanto temos muito o que celebrar, ainda temos muito o que percorrer antes que todos neste país realmente sejam tratados com igualdade. Na mais recente excelente notícia, a Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou o ‘Equality Act’ que irá proteger as pessoas LGBT de discriminação em seus espaços de trabalho, casas, escolas e outras acomodações públicas. O próximo passo é que o projeto vá para o Senado. Eu decidi começar o Mês do Orgulho LGBT enviando uma carta a um dos meus senadores para explicar o quão importante é que a ‘Equality Act’ seja aprovada. Eu apelo que vocês escrevam para os seus senadores também. Eu vou ver suas cartas usando a hashtag #lettertomysenator”, disse Taylor Swift na legenda da publicação.

Arco-íris no perfil de Taylor Swift no Instagram (Foto: Reprodução)
Arco-íris no perfil de Taylor Swift no Instagram (Foto: Reprodução)

“A falta de proteção do nosso país aos seus cidadãos garante que pessoas LGBTQ vivam no medo e que suas vidas sejam viradas do avesso por qualquer empregador ou
senhorio que seja homofóbico ou transfóbico. O fato de que, legalmente, algumas pessoas estão à mercê do ódio e do fanatismo dos outros é repugnante e inaceitável”, continuou Taylor Swift.

“Eu pessoalmente discordo com a posição do Presidente que sua administração ‘apoia o tratamento igualitário’, mas que a ‘Equality Act’ ‘em seu formato atual é recheada de pílulas de veneno que ameaçam minar direitos dos pais e da consciência’. Não. Não se pode tomar a posição de que se apoia uma comunidade ao mesmo tempo e no próximo suspiro a condena como algo contra a ‘consciência’ ou os ‘direitos dos pais’. Esse pensamento implica que já algo moralmente errado em não ser heterossexual ou gênero cis, o que é uma mensagem dolorida para enviar à nação cheia de famílias saudáveis formadas por pessoas do mesmo sexo, não binárias ou transgêneros pais, filhos ou filhas”, acrescentou a cantora.

+Autora entrega todos os capítulos de Topíssima e Jezabel e aguarda final do contrato com a Record

“Vamos mostrar o nosso orgulho, exigindo que a nível nacional as nossas leis tratem nossos cidadãos com igualdade”, concluiu Taylor Swift incentivando todos a lutarem por direitos iguais.

https://www.instagram.com/p/ByJzCNZDMgG/

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Kelves Araújo

Kelves Araújo, cearense, é redator do TV Foco desde 2019, responsável por cobrir o mundo das celebridades internacionais no site.