AINDA MAIS FORTE!

1 BILHÃO e terror pra AMIL E UNIMED: 2 gigantes dos planos de saúde confirmam a maior fusão do Brasil em 2024


Amil e Unimed são aterrorizadas com nova fusão entre gigantes da saúde (Foto Reprodução/Montagem/Lennita/Tv Foco/Canva/Pinterest/Unimed/AMIL)

2 grandes nomes do setor de planos de saúde anunciam a maior fusão do setor e aterrorizam a Unimed e Amil com a notícia

Já dissemos em matérias anteriores o quanto o setor da saúde anda passando por reviravoltas e situações cada vez mais delicadas.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Telegram

Em meio a tudo isso, uma nova fusão pode representar um novo terror para alguns grandes nomes quando falamos em planos de saúde, como a Amil e a Unimed.

De acordo com o portal Valor Econômico, a Rede D’Or acaba de fazer um movimento que tem tudo para consolidar ainda mais a sua liderança no mercado de hospitais no País, após fechar um acordo com outra gigante, a Bradesco Seguros.

Ainda mais fortes

Ainda de acordo com o portal, ambas pretendem investir conjuntamente na construção de novos empreendimentos hospitalares pelo País.

Receba nossas notícias diretamente no seu WhatsApp


Em fato relevante publicado na última quarta feira (8), a empresa da família Moll informou ter fechado um acordo com a Atlântica Hospitais e Participações, companhia controlada pela Bradseg Participações e parte do Grupo Bradesco Seguros.

Veja também

O intuito foi constituir uma empresa que comandará uma nova rede de hospitais, chamada Atlântica D’Or.

Inicialmente, a parceria vai construir hospitais nas regiões de Macaé (RJ), Alphaville (SP) e Guarulhos (SP), além de analisar o desenvolvimento de unidades em outras praças, em particular, Taubaté e Ribeirão Preto, ambas em São Paulo.

Segundo o New Feed, quando eles tiverem atingido a plena capacidade operacional, os hospitais em construção terão cerca de 620 leitos.

Investindo bilhões

Segundo a Rede D’Or, o valor do investimento previsto para a construção dos novos hospitais deverá ser na casa do R$ 1,15 bilhão.

A empresa terá 50,01% do capital da Atlântica D’Or, enquanto a Atlântica Hospitais ficará com os 49,99% restantes.

Vale lembrar que entre os anos de 2020, quando fez seu IPO, e 2022, a Rede D’Or liderou a onda de aquisições registrada no segmento de hospitais.

Os M&As foram a principal via para que o grupo chegasse a uma base atual de 73 hospitais, dos quais, 70 próprios e três sob gestão, que somam 11,7 mil leitos.

Passando esse grande boom, sob os impactos da pós-pandemia, a empresa deu uma pausa nas aquisições, como ocorreu em todo o setor.

Porém não parou de expandir sua base, por meio de projetos greenfield e de expansões no portfólio que já tinha dentro de casa.

No balanço do 1º trimestre, por exemplo, a Rede D’Or informou que possui um extenso programa orgânico, com mais de 50 projetos distribuídos em novas unidades e expansões em unidades existentes, os chamados brown fields*

(*Brownfields (“campos marrons”) é um termo de origem estadunidense que designa “instalações industriais e comerciais abandonadas, ociosas ou subutilizadas cuja expansão ou revitalização é complicada por contaminações ambientais reais ou percebidas)

Com esse anúncio, a empresa volta a colocar nessa conta os projetos de expansão envolvendo outros players.

Em nota divulgada à imprensa, Jorge Moll, presidente do conselho de administração da Rede D’Or, essa fusão, vista como uma das maiores do Brasil neste ano de 2024, será um verdadeiro marco para o setor:

“A Atlântica D’Or é o resultado da combinação estratégica entre a solidez do Grupo Bradesco Seguros e a experiência em gestão hospitalar da Rede D’Or, trazendo uma nova empresa ao cenário da saúde suplementar no país”

Ao mesmo tempo, a parceria também representa mais um acordo da Bradesco Seguros no desenvolvimento de hospitais, cujo futuro começou a ser questionado após diversos movimentos de M&A no mercado, como a compra da SulAmérica pela Rede D’Or, em 2022, e a fusão entre Hapvida e Intermédica, também em 2022*

(Para saber mais sobre essa fusão, clique aqui*)

Vale destacar que em dezembro de 2023, a Atlântica se uniu com a mineira Mater Dei para a construção de um hospital de alta complexidade na capital paulista, com previsão de investir cerca de R$ 600 milhões. Neste caso, a Atlântica terá 51% do novo empreendimento.

Antes, em março de 2023, o Bradesco Seguros fechou uma parceria com o Hospital Israelita Albert Einstein para a construção de um hospital geral na cidade de São Paulo, empreendimento que demandará investimentos de R$ 600 milhões.

Já em 2022, a Bradesco Seguros fechou um acordo com Fleury e BP para investirem R$ 678 milhões para criar uma empresa de oncologia.

Carlos Marinelli, diretor geral da Atlântica Hospitais e Participações, afirmou que com contribuições diferentes, cada qual dentro da sua expertise, a nova parceria visa constituir novas soluções que sejam de grande valor para o setor da saúde.

O que falta para a fusão da Rede D’or com o grupo da Bradesco Saúde se consolidar?

A consumação da transação está sujeita ao cumprimento de certas condições usuais em operações desta natureza, incluindo a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

Inclusive, as ações da Rede D’Or (RDOR3) fecharam o pregão de hoje com queda de 0,77%, a R$ 29,52. No ano, elas acumulam alta de 2,6%, levando o valor de mercado a R$ 67,1 bilhões.

🚨 Davi assume uso de dinheiro doado ao RS + Globo crava desfecho do campeão + Dona Déa é DETONADA         

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Autor(a):

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida. Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever. Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia e os bastidores das principais emissoras brasileiras. Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ... Atualmente escrevo notícias sobre os últimos acontecimentos do cenário econômico, bem como novidades sobre os principais benefícios e programas sociais.