Celebridades

Thaila Ayala fala sobre vida fora do Brasil: “bem xoxinha”

A atriz Thaila Ayala. (Foto: Divulgação)

A atriz Thaila Ayala voltou aos holofotes por ter participado do filme “PicaPau”, que foi lançado nesta quinta-feira (05). Ela, que está vivendo em Los Angeles desde 2015, disse que está começando do zero e se deu um prazo para estourar internacionalmente.

Nasce o primeiro filho da apresentadora Maíra Charken

Há três meses, disse para meu manager que queria ficar por lá e tentar a sorte no mercado americano. Estou começando do zero. Me dei um prazo que se estende até março de 2018, quando acontece a pilot season, para sentir a vibe. Se nada acontecer, volto”, disse à revista GQ.

O motivo dela ter abandonado o Brasil foi o término do casamento com o ator Paulinho Vilhena. “Resolvi passar três meses em Nova York, em 2014, para ficar longe do assédio da imprensa logo após meu divórcio do Paulinho. Tinha paparazzo me seguindo no portão de casa, então, pensei ‘preciso sair daqui’. Acabei ficando um ano inteiro na cidade para estudar atuação e inglês”, revelou.

Rafael Cardoso fala sobre flagra de sexo com Grazi Massafera

Mas para quem pensa que a vida da moça são só flores morando fora do Brasil, está enganado. E isso é ela mesma quem conta: “Minha vida no momento é bem xoxinha. Não saio para nada, estou bem caseira, bem focada. Segundas, terças e quartas, faço aula das 8h à meia-noite, duas aulas de acting e coaching de accent. Quinta e sexta, inglês e mais aula de sotaque. No resto do tempo, vou fazer hiking em Santa Mônica e jogar vôlei na praia”.

Por fim, Thaila falou sobre seus projetos futuros. “Vamos lançar Zeroville, rodado em 2014 na Itália, em que interpreto uma prostituta. E também tem The Pretenders, que deve sair até janeiro de 2018, em que faço uma top model psicopata”.

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Rogério Frandoloso