TV Foco

TV Foco

'Ti-ti-ti' abusa de glamour para retratar moda

Imagem

Arcângela Mota

Roupas de grife, belas modelos e estilistas ambiciosos não vão faltar em Ti-ti-ti, próxima novela das sete da Globo com estreia prevista para julho. Retratando o glamour e as rivalidades do mundo da moda, o folhetim busca recuperar a audiência da combalida faixa das sete com a mistura de duas novelas que fizeram sucesso na década de 80: Ti-Ti-Ti, de 1985, e Plumas & Paetês, de 1980, ambas de Cassiano Gabus Mendes. Com autoria de Maria Adelaide Amaral e direção de Jorge Fernando, a novela recria tramas e personagens das duas histórias. “É uma grande homenagem ao Cassiano. Junta a parte cômica e o núcleo romântico das duas novelas, mas está tudo ligado ao mundo da moda”, explicou Maria Adelaide, que já escreveu cerca de 30 capítulos.

Veja também

A trama central gira em torno da rivalidade entre os estilistas Jacques Leclair e Victor Valentim, interpretados respectivamente por Alexandre Borges e Murilo Benício. Rivais desde a infância, os designers de roupas, que na verdade se chamam André e Ariclenes, sempre disputaram tudo. Após terem tomado rumos diferentes na vida, eles se reencontram quando Ariclenes – que finge ser um estilista espanhol, Victor Valentim – cruza o caminho do antigo desafeto, que tem uma carreira bem sucedida como dono de um ateliê na Zona Leste de São Paulo. Mulherengos e ambiciosos, eles travam divertidos embates em busca de espaço no mundo da moda. “Os dois não valem nada. Não é um mundo fashion, e sim da malandragem”, avaliou Murilo Benício.

Os personagens, retirados da versão original de Ti-Ti-Ti, foram vividos na década de 80 por Reginaldo Faria, que fez Leclair, e Luiz Gustavo, que deu vida a Valentim. E o peso de interpretar personagens famosos em um remake é motivo de inquietação tanto para Alexandre quanto para Murilo. “Confesso que fiquei nervoso quando recebi o convite. As pessoas têm uma memória afetiva muito forte da novela”, disse Alexandre. Para não aumentar a ansiedade, Murilo conta que optou por não rever nada da trama de Cassiano Gabus Mendes. “O Luiz Gustavo é um gênio e acho que eu ficaria muito intimidado se revisse as cenas dele. Criei uma expectativa horrorosa”, desabafou o ator.

Enquanto a parte cômica da novela de Maria Adelaide Amaral é baseada em Ti-Ti-Ti, a romântica é inspirada em Plumas & Paetês, que era centrada na história da mocinha Marcela, de Elizabeth Savalla, que, após ser abandonada grávida pelo namorado, parte para São Paulo em busca de uma vida melhor. Na versão atual, a personagem, interpretada por Ísis Valverde, trabalha como modelo. Durante uma viagem, ela é a única sobrevivente de um acidente de carro e, a partir de então, finge ser a noiva de um rapaz rico que morreu, contando aos pais do jovem que o filho que está esperando é dele. A possibilidade de juntar e recriar tramas das duas novelas foi um elemento fundamental para Maria Adelaide assumir uma novela na Globo, após quase 10 anos escrevendo apenas minisséries. “Se eu vou escrever 200 capítulos, quero me divertir. E foi por isso que sugeri essa novela”, explicou a autora.

Ti-Ti-Ti – Estreia em julho, na Globo.

Veja agora: Apresentador galã de TV dá basta e resolve se assumir gay de vez: veja fotos   

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários