Celebridades Globo Jair Bolsonaro

Todo poderoso da Globo, Ali Kamel aprofunda guerra contra Bolsonaro e revela segredo assustador: ‘Sonegou’

O presidente Jair Bolsonaro em pé de guerra com a Globo (Foto: Divulgação)
O presidente Jair Bolsonaro em pé de guerra com a Globo (Foto: Divulgação)

E-mail vazado de Ali Kamel a jornalistas da Globo mostrou que Bolsonaro já tinha conhecimento do áudio que o associa no assassinato de Marielle Franco

A relação belicosa entre o presidente Jair Bolsonaro e a TV Globo parece não ter fim. Isso porque, dias depois da emissora carioca revelar um depoimento bombástico em que o nome de Bolsonaro é citado no caso do assassinato de Marielle Franco, e o mandatário rebater com ataques ao canal em entrevista à Record, o todo-poderoso da Globo, Ali Kamel, parabenizou os jornalistas responsáveis pela reportagem e, de quebra, acusa o advogado do político de ter sonegado informação.

Em carta enviada para os profissionais de comunicação da Globo, e que acabou sendo vazada à imprensa, Ali Kamel diz que a matéria veiculada no Jornal Nacional foi fruto de um bom trabalho feito pela editoria do Rio, e que por isso o jornalismo da Globo merece parabéns.

Ainda, Ali Kamel contou que “uma fonte absolutamente próxima da família do presidente Jair Bolsonaro” procurou a Globo em Brasília para dizer que “ia estourar uma grande bomba, pois a investigação do caso Marielle esbarrara num personagem com foro privilegiado”.

“Eu estranhei: por que uma fonte tão próxima ao presidente nos contava algo que era prejudicial ao presidente? Dias depois, a mesma fonte perguntava: a matéria não vai sair?”, continua Ali Kamel. Em outro ponto, o responsável pela direção de jornalismo da Globo acusa o advogado de Bolsonaro, Frederick Wasseff, de sonegar informação referente a existência do áudio na portaria do condomínio no qual Bolsonaro mora, e o ex-policial Ronnie Lessa, preso acusado de matar Marielle.

“Hoje sabemos que o advogado do presidente, no momento em que nos concedeu entrevista, sabia da existência do áudio que mostrava que o telefonema fora dado, não à casa do presidente, mas à casa 65, de Ronnie Lessa. No último sábado, o próprio presidente Bolsonaro disse à imprensa: ‘Nós pegamos, antes que fosse adulterada, ou tentasse adulterar, pegamos toda a memória da secretária eletrônica que é guardada há mais de ano’. Por que os principais interessados em esclarecer os fatos, sabendo com detalhes da existência do áudio, sonegaram essa informação?”, reiterou o profissional da Globo.

No e-mail, Ali Kamel ainda diz aos seus subornados na Globo que “há momentos em nossa vida de jornalistas em que devemos parar para celebrar nossos êxitos”, referindo-se à matéria sobre Bolsonaro.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco