PROBLEMAS

A consequência reveladora que o trabalhador encara ao parar de contribuir com o INSS

24/03/2023 às 14h07

Por: Paulo Damião
Imagem PreCarregada
INSS - (Foto: Reprodução Internet)

Muitos trabalhadores contribuem com o INSS a fim de ter garantias trabalhistas, mas o que acontece se parar de pagar?

Existem algumas formas de trabalho atualmente que fogem do modelo CLT, e a mais comum é através da emissão de notas fiscais. Para que o trabalhador informal tenha algumas garantias, é necessário contribuir com o INSS, e se isso não acontece, alguns prejuízos podem acontecer.

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) garante ao trabalhador que contribui alguns dos direitos básicos, já que se torna um segurador. Isso permite que cada um tenha auxílio-doença, benefícios da Previdência Social e até mesmo seguro-desemprego, no caso de quem possui carteira assinada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Caso não contribua, o trabalhador perde o direito a todos esses benefícios básicos. Um exemplo: se acontecer um acidente, a pessoa não consegue receber um seguro de saúde para continuar ganhando dinheiro em casa. A situação financeira pode piorar absurdamente, já que não é possível trabalhar com alguma lesão muito séria.

Os microempreendedores que abrem MEI não possuem direito a seguro-desemprego, já que não possuem carteira assinada. Esses colaboradores não têm direito a vários benefícios como vale transporte, vale alimentação e nem décimo terceiro salário, mas se contribuírem com o INSS conseguem auxílio-doença em eventualidades.

Continua após o Veja Também

Veja também

AJUDA A DESEMPREGADOS

Caso o trabalhador não consiga contribuir, existe uma carência de um ano que auxilia no desemprego involuntário. A benefício pode ser prorrogado por mais um ano caso o segurado já tenha feito mais de 120 contribuições. O segurado continua tendo garantias, mesmo que não contribua.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O QUE ACONTECE SE NÃO CONTRIBUIR COM O INSS?

De acordo com o site jusbrasil.com.br, a pessoa que não contribui com o INSS pode pagar multas e juros e perde benefícios da Previdência Social após 12 anos. Além disso, se torna praticamente impossível se aposentar quando idoso, já que terá menos tempo de contribuição.

Logo do INSS (Foto: Reprodução)
Logo do INSS (Foto: Reprodução)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

🚨 Carlos Alberto expõe afastamento de Silvio Santos + Davi vive novo inferno + Desfecho de Tralli na Globo    

INSS
MEI
Previdência Social
Paulo Damião

Autor(a):

Eu sou Paulo Damião, jornalista formado pela FIAM-FAAM, em 2020. Trabalho com celebridades desde 2017 e admiro tudo o que envolve o mundo dos famosos e da televisão. Já entrevistei artistas, participei de coletivas de imprensa e sou responsável por desenvolver vários especiais de destaque no TV Foco.Meu email é [email protected]

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.