Celebridades

Celebridades

Apresentadora do SBT é gravemente baleada, perde parte do corpo e pior notícia é confirmada ao vivo: “Um choque”

SBT marca recorde negativo de audiência (Foto: Reprodução)
SBT marca recorde negativo de audiência (Foto: Reprodução)

A notícia envolvendo a apresentadora do SBT foi exposta em um programa ao vivo e surpreendeu a todos

Nadja Haddad, apresentadora do SBT, viveu momentos de muita tensão e acabou sendo cruelmente baleada. Após lidar com o pior e até perder uma parte do corpo, a jornalista concedeu uma entrevista ao programa Chupim, na rádio Metropolitana. Dessa forma, a entrevistada falou sobre o tiro que levou durante uma reportagem da Band.

Para quem não acompanhou, o ocorrido se deu em 2005, no bairro Dona Marta, Rio de Janeiro. Na época, a famosa trabalhava para a emissora da família Saad e fazia uma cobertura no local, quando surpreendentemente acabou sendo atingida por um disparo que acertou seu o pulmão e algumas costelas.

“Eu não gritei nem chorei”, disse ela no programa ao vivo, após viver o pior e ser levada ao hospital às pressas. Por conta do tiro, Nadja Haddad revelou que perdeu parte do órgão e teve uma síndrome do pânico e bruxismo, visto que lidou com um trauma muito forte.

“Só depois que eu fui tratar o lado psicológico. Foi um choque tão grande, que eu não chorei. Mas, já diminuiu muito. Hoje, não convivo mais com esse trauma”, revelou a artista.

MUDANÇA

Veja também

Também na entrevista, Nadja Haddad escancarou a troca de emissoras e relatou ter ficado chateada por ter que se desligar da Band, entretanto, não escondeu o desejo de sempre estar no SBT. “Não foi fácil. Eu fiquei muito mal. Foi muito traumatizante, a Band era minha vida. Fiz grandes amigos, mas meu sonho era trabalhar no SBT e sabiam disso”, pontuou.

Nadja Haddad é atingida por tiro - Foto: Reprodução
Nadja Haddad é atingida por tiro – Foto: Reprodução

VÍDEO YOUTUBE: REVIRAVOLTA! RedeTV! se desespera com TV Fama e ENCONTRO tem fim DECRETADO

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários